Os 10 melhores destinos internacionais: confira!

Os 10 melhores destinos internacionais: confira!

Quer fazer uma viagem ao exterior? Saiba quais são os 10 melhores destinos internacionais e veja qual é o que mais chama a sua atenção!

Banner 728x90 Banner 300x100

Por mais que o Brasil seja um país repleto de atrações turísticas e paisagens de tirar o fôlego, muitas pessoas ainda sonham em fazer uma viagem internacional. Não há problema algum em querer conhecer outros países – principalmente se for os que são classificados, de alguma forma, como melhores destinos internacionais.

Quer fazer uma viagem para o exterior mas ainda não sabe pra onde? Confira abaixo 10 dos melhores destinos internacionais para conhecer e veja qual deles mais te inspira!

Quais são os melhores destinos internacionais?

Existem vários critérios para classificar um país como um melhor destino. Há quem queira conhecer determinada localidade por uma razão pessoal, por interesses culturais, pela variedade de atrações turísticas, e ainda tantas outras razões.

Por isso, nesta matéria, selecionamos os 10 melhores países para visitar de acordo com o ranking da U.S. News & World Report, uma empresa americana de mídia que publica rankings e classificações de diversas categorias, como faculdades, escolas, planos de saúde, produtos, hotéis, países, entre outras.

Para a composição do ranking, foram consideradas opiniões de especialistas, usuários do site da empresa e tendências, além de paisagens locais, culturas, belezas cênicas, culinária e outros fatores.

A seguir, veja 10 destinos internacionais eleitos como melhores lugares para se viajar.

1. Ilha Sul, Nova Zelândia

A Ilha Sul, na Nova Zelândia, chama a atenção dos turistas pela sua enorme variedade de paisagens naturais. Quem gosta de esportes radicais pode visitar a cidade de Queenstown, que, além de ser a cidade mais famosa da ilha, também oferece diversas opções de atividades, como salto de paraquedas, bungee jump, rafting, parapente e passeios de jet boating ou quadriciclo.

Já quem prefere atrações mais calmas, pode aproveitar a gastronomia, passeios de gôndola, trilhas e caminhadas, bares e casas noturnas, e o Observatório Mount John, perto do Lago Tekapo.

Perto da cidade, os viajantes também podem conhecer o Fiordland National Park, que é Patrimônio Mundial pela UNESCO, e que abriga os fiordes Milford e Doubtful Sounds. Toda a paisagem é composta por penhascos e águas cristalinas, e pode ser visitada por meio de trilhas ou barco.

2. Paris, França

Também chamada de Cidade Luz, Paris atrai turistas do mundo inteiro por suas atrações turísticas, culinária e cenários românticos. Alguns dos pontos principais que podemos destacar são a Torre Eiffel, Museu do Louvre, Arco do Triunfo, Avenida Champs-Elysées e a Catedral Notre Dame.

Além de poder visitar esses pontos e ainda outros, os turistas podem fazer um tour de barco pelo Rio Sena, andar de bicicletas pelas ciclovias, conhecer o Palácio de Versalhes e a Disneyland da cidade.

A culinária parisiense também é outro ponto mais que atrativo. A cidade é repleta de restaurantes aconchegantes e românticos, bistrôs e pequenos cafés. Com todo esse conjunto, o destino é perfeito para casais.

3. Bora Bora, Polinésia Francesa

Bora Bora, na Polinésia Francesa, é um dos melhores destinos internacionais paradisíacos. São várias lagoas e praias que compõem o cenário, juntamente com corais que podem ser visitados em mergulhos.

A ilha possui resorts que atendem casais e famílias com crianças, perfeitos para quem busca descanso. Além disso, o local também abriga o Monte Otemanu, um vulcão adormecido e ponto mais alto da cidade.

Vale saber que as diárias nos hotéis de Bora Bora não costumam ser muito baratas. Por isso, um bom planejamento financeiro pode viabilizar a viagem e evitar imprevistos. A alta temporada na ilha é entre julho e agosto, o que eleva os preços. Já os meses de maio, junho, setembro e outubro podem proporcionar uma viagem um pouco mais barata.

4. Maui, Havaí

Outra ilha na nossa lista de melhores destinos internacionais é Maui, no Havaí. Lá o turista encontra tudo o que se espera de uma ilha: praias com águas claras, colinas, boa infraestrutura de hotéis, lojas e restaurantes, passeios de mergulho, entre outras coisas.

Além dessas atrações, o local também conta com cachoeiras, piscinas naturais em grutas, crateras vulcânicas e o Parque Nacional de Haleakala, que abriga um enorme vulcão adormecido, responsável por 75% da ocupação da ilha.

Se a viagem acontecer entre novembro e abril, o turista ainda pode ver baleias jubarte, que visitam as águas quentes da ilha neste período. Para vê-las mais de perto, é possível fazer um cruzeiro.

5. Taiti, Polinésia Francesa

O Taiti é a maior ilha da Polinésia Francesa. Assim como as outras ilhas mencionadas nesta matéria, o espaço permite que os seus visitantes aproveitem praias – que têm areias escuras -, resorts, estruturas para mergulho, entre outros programas.

A ilha é formada por atividade vulcânica e cercada por recifes de coral. O interior, por sua vez, é montanhoso e é a porta de entrada dos turistas à Polinésia Francesa, já que é onde está situado o aeroporto internacional do arquipélago.

Sua capital, Papeete, tem cerca de 178 mil habitantes, sendo a cidade mais movimentada de todo o conjunto de ilhas. Quem gosta de aproveitar a noite pode conhecer os diversos bares, restaurantes, cafés, discotecas e boates.

6. Londres, Inglaterra

A capital inglesa costuma ser muito visitada por conta de seus pontos turísticos, atrações históricas e modernas, museus, parques e restaurantes.

Alguns cartões-postais que podemos destacar são o Big Ben, a ponte da Torre de Londres, o Palácio de Buckingham, a Abadia de Westminster, o Tate Modern, o Museu Britânico, entre outros.

Falando da culinária, Londres tem uma série de pubs, restaurantes estrelados – como os dos chefs Gordon Ramsay e Jamie Oliver -, mercadinhos e barracas com comidas de rua, e ainda as praças de alimentação de lojas de departamento, que costumam ser bem movimentadas.

7. Roma, Itália

Assim como Londres, Roma também possui inúmeras atrações históricas, com marcos arquitetônicos, museus, restaurantes e cantinas. O Coliseu, a Fontana de Trevi, o Fórum Romano, a Capela Sistina, a Basílica de São Pedro e a Piazza di Spagna são apenas alguns entre os vários pontos turísticos romanos.

A capital italiana é, também, um dos melhores destinos internacionais para os amantes de massa. É possível encontrar massas frescas e pizzas, claro! Além disso, há vários cafés e gelaterias pela cidade.

No verão, Roma tem uma movimentação mais intensa de turistas, e, por isso, passagens e hospedagens podem ficar mais caras. Em compensação, quando o clima é mais ameno, como nos meses de abril, maio, junho, setembro e outubro, a cidade fica mais tranquila.

8. Phuket, Tailândia

A maior ilha da Tailândia está localizada no sul do país e recebe anualmente 3 milhões de turistas, aproximadamente. As mais de 30 praias atendem tanto os viajantes que preferem programas mais movimentados, quanto aqueles que buscam descanso.

Além das lindas praias de águas cristalinas, outras atrações são passeios de snorkel e mergulho, rafting, jet ski, caiaque, tirolesa, bares, casas de show, o centro histórico da cidade, os inúmeros templos budistas e monumentos religiosos.

Em termos financeiros, diferente das ilhas paradisíacas citadas nesta matéria, as atrações costumam ter preços mais acessíveis, assim como as hospedagens. Assim, é possível visitar spas e fazer passeios de barco sem ter que investir tanto.

9. Tóquio, Japão

A capital japonesa atrai viajantes do mundo todo com uma série de atrações turísticas e sua gastronomia, além de ser um ótimo ambiente para fazer compras.

A cidade é muito movimentada, repleta de painéis luminosos e edifícios altos. Os principais bairros são Shinjuku, Shibuya, Harajuku, Akihabara, Ginza e Asakusa, que garantem ótimos passeios e uma experiência incrível.

O cruzamento de Shibuya é o mais movimentado do mundo, e, por esse motivo, também um dos mais conhecidos. Outros pontos que podem ser visitados durante a sua estadia são o Palácio Imperial de Tóquio e os jardins localizados nas proximidades, o santuário Meiji Jingu, a estátura de Hachiko, a estação de Shinjuku, entre outros lugares.

10. Glacier National Park, Estados Unidos

Em último lugar na nossa lista, o Glacier National Park fica no estado de Montana, nos Estados Unidos. Localizado na divisa com o Canadá, a região é a que mais tem ursos no país norte americano depois do Alasca.

A paisagem é composta por montanhas nevadas, vales e lagos com águas claras, mais de mil quilômetros de trilhas para caminhadas e cerca de 13 áreas para camping. Algumas atrações presentes no parque são o Lake Mcdonald, Sprague Creek, as trilhas Trail of the Cedars e Avalanche Creek, Running Eagle Falls, entre outras.

O parque é bem extenso, o que faz valer a pena se hospedar na região e conhecê-lo em dois dias ou mais.

Quais documentos são necessários para uma viagem internacional?

Os principais documentos necessários para fazer uma viagem internacional são o passaporte e o visto. O passaporte é exigido em qualquer viagem para fora do Brasil, exceto para os países que fazem parte do Mercosul.

Para esses países, em especial, o passageiro deve apresentar o RG, sem precisar do passaporte. Vale saber que a CNH ou outro documento de identificação não é válido, mas apenas o RG.

visto, por sua vez, é exigido conforme o país de destino, e também de acordo com o objetivo da viagem. Alguns países não requerem o documento de quem viaja a turismo, mas exige em viagens mais longas ou a estudo/trabalho. Por isso, não deixe de verificar essa exigência com antecedência, para ter tempo hábil para emitir o documento.

Dependendo do seu destino, você também pode precisar do Certificado Internacional de Vacinação. Exemplos de destinos que pedem este documento são África do Sul, Austrália e Bolívia. Normalmente, a vacina mais exigida é a de Febre Amarela, mas pode haver outras. Saiba mais sobre este documento nesta matéria.

Caso o turista queira dirigir durante a viagem, pode ser que ele precise da Carteira de Motorista Internacional ou da Permissão Internacional para Dirigir (PID). Este documento pode ser solicitado junto ao Detran do seu estado.

Outros documentos que podem ser solicitados, a depender do seu destino, são o comprovante de hospedagem, o seu dinheiro reservado para a viagem e a passagem de volta para o seu país de origem. Normalmente, esses documentos são pedidos na imigração para provar que você não tem más intenções para com o país onde está tentando entrar.

Os comprovantes e as passagens de volta podem ser impressos facilmente, porém, caso você não esteja com toda a quantia de dinheiro em espécie, pode mostrar um extrato bancário atualizado e uma fatura do cartão de crédito com o limite de compra.

Por último, é fundamental que você contrate um seguro viagem. Em alguns destinos, esta proteção chega a ser obrigatória, enquanto em outros locais, ela é altamente recomendável. Sua principal função é garantir atendimento em urgências e emergências médicas ao segurado enquanto ele estiver no exterior.

Existem algumas modalidades de seguro que, além de oferecerem cobertura de despesas médicas, têm também coberturas contra o extravio de bagagematraso e cancelamento de voo e outros problemas com voos. Neste caso, a proteção é mais completa e pode garantir uma experiência mais segura ao viajante.

Se você tiver algum problema com voo durante a sua viagem e o seu seguro não cobrir este tipo de situação, conte com a ajuda da Voe Tranquilo! Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo atrasado ou cancelado, assim como aquele que perdeu sua conexão, teve sua bagagem extraviada ou foi vítima de overbooking.

Dependendo do seu caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Melhores destinos internacionais baratos: 10 opções

15 melhores destinos para uma viagem em família

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close