Países que exigem visto: saiba quais são!

Países que exigem visto: saiba quais são!

Sabia que nem todos os países exigem visto para turistas brasileiros? Veja onde essa documentação é ou não obrigatória para não perder tempo!

Banner 728x90 Banner 300x100

Ao planejar a sua viagem internacional, é importante que você saiba quais são os países que exigem visto de turistas brasileiros, principalmente se você pretende ir a mais de um país. Nesta etapa, é necessário ter muito cuidado para emitir os documentos corretos, uma vez que cada país possui suas próprias particularidades.

O visto é um documento que serve como uma autorização para que o passageiro entre em um país estrangeiro. Sem ele, o passageiro pode ser impedido de embarcar ou de entrar no país de desembarque. Porém, não são todos os países que possuem essa obrigatoriedade.

Em alguns países da Europa, por exemplo, o visto para turistas brasileiros que pretendem ficar no país por até 90 dias não é obrigatório. No entanto, para prazos maiores que 6 meses, o visto já é exigido.

Nesta matéria, saiba quais são os países que exigem visto de turistas brasileiros e veja também onde este documento não é obrigatório.

Quais são os países que exigem visto de turistas brasileiros?

Abaixo, confira a lista dos principais países que exigem o visto para a entrada de turistas brasileiros.

  • Afeganistão;
  • Angola;
  • Arábia Saudita;
  • Argélia;
  • Austrália;
  • Azerbaijão;
  • Bangladesh;
  • Bahrein;
  • Benin;
  • Bielorrússia;
  • Brunei;
  • Burkina Faso;
  • Burundi;
  • Butão;
  • Cabo Verde;
  • Camarões;
  • Camboja;
  • Canadá;
  • Catar;
  • Chade;
  • China;
  • Comores;
  • Coreia do Norte;
  • Costa do Marfim;
  • Cuba;
  • Djibouti;
  • Egito;
  • Eritréia;
  • Emirados Árabes Unidos
  • Estados Unidos;
  • eSwatini / Suazilândia;
  • Etiópia;
  • Gabão;
  • Gâmbia;
  • Gana;
  • Guiana Francesa;
  • Guiné;
  • Guiné-Bissau;
  • Guiné-Equatorial;
  • Iêmen;
  • Ilhas Cook;
  • Ilhas Marianas;
  • Ilhas Marshall;
  • Ilhas Maurício;
  • Ilhas Salomão;
  • Ilha Kiribati;
  • Índia;
  • Indonésia;
  • Irã;
  • Iraque;
  • Japão;
  • Jordânia;
  • Kuwait;
  • Laos;
  • Lesoto;
  • Líbano;
  • Libéria;
  • Líbia;
  • Madagascar;
  • Malaui;
  • Mali;
  • Mianmar;
  • Moçambique;
  • Moldávia;
  • Mauritânia;
  • Nepal;
  • Níger;
  • Nigéria;
  • Omã;
  • Papua Nova Guiné;
  • Paquistão;
  • Quênia;
  • Quirguistão;
  • República Centro-Africana;
  • República Democrática do Congo;
  • Ruanda;
  • São Tomé e Príncipe;
  • Senegal;
  • Serra Leoa;
  • Síria;
  • Sri lanka;
  • Somália;
  • Sudão;
  • Sudão do Sul;
  • Tadjiquistão;
  • Taiwan;
  • Tanzânia;
  • Timor-Leste;
  • Togo;
  • Turcomenistão;
  • Uganda;
  • Uzbequistão;
  • Vanuatu;
  • Vietnã;
  • Zâmbia;
  • Zimbábue.

Em quais países o visto para brasileiros não é obrigatório?

A maior parte dos países que não exigem visto para turistas brasileiros são da Europa. Apesar disso, é preciso se atentar às condições. Dependendo do período da sua viagem, você pode precisar do documento. Lembrando que a não obrigatoriedade do visto é para turistas, não para quem faz a viagem com outras finalidades, como estudo ou trabalho.

Confira abaixo a lista dos principais países onde esta documentação não é obrigatória.

  • África do Sul;
  • Alemanha;
  • Antígua e Barbuda;
  • Argentina;
  • Aruba;
  • Áustria;
  • Bahamas;
  • Barbados;
  • Bélgica;
  • Belize;
  • Bolívia;
  • Botsuana;
  • Chile;
  • Cingapura;
  • Colômbia;
  • Coreia do Sul;
  • Costa Rica
  • Curaçao;
  • Dinamarca;
  • El Salvador;
  • Equador;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Filipinas;
  • Finlândia;
  • França;
  • Granada;
  • Grécia;
  • Guatemala;
  • Guiana;
  • Honduras;
  • Hong Kong;
  • Hungria;
  • Ilhas Seychelles;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Jamaica;
  • Letônia;
  • Liechtenstein;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Macau;
  • Malásia;
  • Malta;
  • Marrocos;
  • México;
  • Namíbia;
  • Nicarágua;
  • Noruega;
  • Países Baixos;
  • Panamá;
  • Paraguai;
  • Peru;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Dominicana;
  • República Tcheca;
  • Santa Lúcia;
  • Suécia;
  • Suíça;
  • Suriname;
  • Tailândia;
  • Trinidad e Tobago;
  • Tunísia;
  • Uruguai;
  • Venezuela.

Se você não encontrou o país que deseja em nenhuma das listas presentes nesta matéria, não deixe de pesquisar se, atualmente, o visto é ou não necessário para a entrada no país. Não esqueça de fazer isso com antecedência, pois o processo para a emissão do documento pode demorar.

Visto e passaporte: qual a diferença?

Assim como o visto é um documento essencial para a entrada de estrangeiros em determinados países, o passaporte é outro documento necessário para viagens internacionais. É importante que você não confunda essas duas documentações, uma vez que você pode precisar de ambas.

Enquanto o visto é uma autorização para entrada e estadia no país de destino, o passaporte serve para identificar o viajante no exterior. Na prática, ele funciona como um RG internacional, que tem os dados pessoais do passageiro, assim como vistos e autorizações.

Ao contrário do visto, que é diferente de acordo com o país de desembarque, o passaporte é um documento único e exigido na maioria dos destinos internacionais. As exceções, para os brasileiros, são os países que participam do Mercosul, que são:

  • Argentina;
  • Paraguai;
  • Uruguai;
  • Venezuela;
  • Bolívia;
  • Chile;
  • Equador;
  • Guiana;
  • Peru;
  • Suriname.

Para entrar nesses países, basta apresentar o RG emitido há menos de 10 anos, não sendo necessário ter ou mostrar o passaporte. O RG é o único documento aceito em substituição ao passaporte – ou seja, a CNH, que muitas vezes é usada como documento de identidade, não pode ser usada neste caso.

Além disso, o RG deve, obrigatoriamente, ter sido emitido há menos de 10 anos. Documentos emitidos há mais tempo não são aceitos.

Quais são os documentos necessários para uma viagem internacional?

No planejamento da sua primeira viagem internacional, é de suma importância que você saiba quais são os documentos que você vai precisar, principalmente porque a ausência de alguns deles pode te impedir de embarcar ou entrar no país de destino.

Como você pôde ver nesta matéria, o visto e o passaporte são dois dos documentos necessários. Por isso, se você ainda não tem esses documentos, providencie-os com antecedência, se atentando ao visto adequado para o país para onde você vai viajar.

Se o seu destino for algum país do Mercosul, não esqueça também de verificar a data de emissão do seu RG. Dependendo da data, pode ser que você tenha que emitir a segunda via.

Outro documento é o Certificado Internacional de Vacina, que é exigido em países como África do Sul, Austrália, Bolívia, entre outros. Normalmente, a vacina mais exigida é a de Febre Amarela, mas pode haver outras. Saiba mais sobre esse certificado nesta matéria.

Se você vai viajar com crianças, atente-se à documentação exigida. Se o menor estiver acompanhado de apenas um dos pais, é preciso apresentar a autorização do outro pai, com firma reconhecida em cartório em duas vias, ou autorização judicial. O mesmo acontece caso o acompanhante da criança ou adolescente não seja seu parente de até 3º grau.

Mais um documento que pode ser necessário é a Carteira de Motorista Internacional ou a Permissão Internacional para Dirigir (PID). Se você pretende dirigir durante a sua viagem, solicite o documento junto ao Detran do seu estado.

Há, ainda, alguns países que exigem que você apresente o seu comprovante de hospedagem, a sua passagem de volta para o país de origem e o dinheiro reservado para a viagem. Normalmente, esses documentos são solicitados na imigração para provar que você não tem más intenções para com o país onde está tentando entrar.

Para apresentar os dois primeiros documentos, basta imprimi-los no momento da compra dos bilhetes aéreos e levá-los junto com você na viagem. Já o dinheiro, se você não estiver com toda a quantia em espécie, é possível mostrar um extrato bancário atualizado e uma fatura do cartão de crédito com o limite de compra.

Por fim, uma coisa que é obrigatória para certos destinos e altamente recomendável em outros, é o seguro viagem. Sua principal função é garantir atendimento em urgências e emergências médicas ao segurado enquanto ele estiver no exterior. Entenda mais sobre essa proteção e saiba em que países ela é obrigatória nesta matéria.

Existem alguns seguros que, além de coberturas de despesas médicas, também oferecem coberturas contra alguns problemas com voos, como o extravio de bagagem, perda de conexão e atraso e cancelamento de voo. Neste caso, o seguro é mais completo e garante uma experiência mais segura ao viajante.

Se você tiver algum problema com voo e o seu seguro não cobrir este tipo de situação, você pode contar com a ajuda da Voe Tranquilo! Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo atrasado ou cancelado, assim como aquele que perdeu sua conexão, teve sua bagagem extraviada ou foi vítima de overbooking.

Dependendo do seu caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Cancelamento de voo internacional: conheça seus direitos

Autorização de viagem para menor: saiba tudo aqui!

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico. Texto revisado por Renato Haidamous Rampazzo, cadastrado na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seção de São Paulo, sob o número 406.543.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close