Como planejar uma viagem? Veja 8 dicas!

Como planejar uma viagem? Veja 8 dicas!

Planejar a sua viagem pode te ajudar a evitar certos tipos de situações, além de proporcionar mais economia e tranquilidade. Confira as nossas dicas!

Banner 728x90 Banner 300x100

Planejar uma viagem é um passo muito importante para os turistas que preferem viajar de maneira mais organizada. Enquanto há passageiros que optam por uma viagem por impulso, aqueles que investem tempo no planejamento podem ter menos imprevistos e aproveitar melhor o seu tempo de lazer.

São vários os fatores a serem considerados no planejamento de uma viagem. É preciso pensar no destino, na companhia aérea mais vantajosa, na acomodação ideal, entre outras coisas, considerando, ainda, o motivo da viagem, o clima e quando ela será feita.

A seguir, veja algumas dicas para planejar a sua viagem da melhor maneira e aproveitar ao máximo o seu destino.

Por onde começar o planejamento de uma viagem?

O planejamento de uma viagem envolve uma série de fatores. Normalmente, a definição de um ponto influencia diretamente na definição de outro ponto, o que requere um pouco de atenção.

Você pode começar a planejar a sua viagem a partir da escolha de pontos diferentes. Considerando o orçamento como ponto de partida, você terá que adequar toda a sua viagem ao valor estabelecido: destino, data e programas vão depender da quantia que você tem guardada para este fim.

Já se você escolher a data como ponto inicial, a escolha do destino pode ficar um pouco mais restrita: ao mesmo tempo em que há destinos perfeitos para qualquer estação, há lugares que proporcionam uma melhor visita apenas em determinadas épocas do ano.

Também é possível dar início ao planejamento partindo da escolha do destino. Sabendo para onde você quer ir, você pode escolher a melhor estação, se fará um voo direto ou com conexão, quais serão os programas realizados e quanto dinheiro você precisa para ter uma viagem tranquila e sem apertos. Nesta matéria, vamos considerar este fator como ponto de partida.

1. Escolha o destino

Para escolher o destino, vale a pena sentar à frente do computador, ou mesmo pelo celular, e pesquisar sobre os possíveis destinos que chamam a sua atenção. Se você sempre quis viajar para determinado local, essa parte fica ainda mais fácil. Porém, se não for este o caso, procure por listas de destinos que combinam com o seu gosto.

Antes disso, é preciso saber qual é o intuito da viagem. Planejar uma viagem em família é diferente de planejar uma viagem de lua de mel, por exemplo. Assim, há destinos que combinam muito mais com um tempo a dois do que com um passeio em família, e vice-versa.

Se você gosta de praia, procure os destinos litorâneos, principalmente dentro do país. O nordeste brasileiro possui praias belíssimas e que atraem turistas até do exterior. Por outro lado, se você gosta do campo, procure destinos como cidades do interior ou regiões montanhosas. Outra opção, ainda, é visitar cidades grandes, como capitais e regiões metropolitanas.

2. Defina a época da viagem

Depois de definido o destino, procure saber qual é a melhor época para visitá-lo. Regiões montanhosas, por exemplo, podem atrair mais turistas durante épocas mais frias, enquanto o litoral fica muito mais cheio durante o verão e primavera. Vale a pena pesquisar como é o clima do local durante todas as estações do ano, sabendo quando fica mais agradável de acordo com o seu gosto.

Além disso, é necessário, ainda, se lembrar quais são os meses de alta temporada. Começo, meio e final do ano são épocas em que as pessoas viajam mais, principalmente levando em conta os feriados prolongados e férias escolares. Dependendo do seu destino, você consegue visitá-lo mesmo fora da alta temporada e ainda ter uma boa viagem.

3. Pesquise as passagens aéreas

Há vários fatores a se considerar quando você estiver procurando pelas passagens aéreas. Não apenas o preço, mas os horários, as condições de cancelamento, as taxas sobre uma possível alteração, o número de malas permitidas, o tipo de voo e, é claro, a companhia aérea.

É importante, ainda, que você faça essa pesquisa com certa antecedência. Busque pelas passagens no mínimo dois meses antes da viagem.

Além de pensar sobre os melhores horários e opções de bagagens, pense na escolha da companhia aérea. Nem sempre os bilhetes mais baratos garantem uma melhor viagem. Isso porque há companhias que têm índices de atraso e cancelamento de voos maiores do que outras. Sendo assim, para evitar este tipo de problema – que, querendo ou não, acaba afetando a sua viagem -, opte por uma companhia que tenha uma boa avaliação e baixos índices de problemas com voos. Você pode consultar os índices de cada companhia no site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

Ainda, considere fazer um voo direto, se possível. Dessa forma, você evita problemas como a perda de conexão.

Por fim, não esqueça de verificar as condições de cancelamento e alteração. Algumas vezes, é possível encontrar passagens por valores incríveis em promoções, mas que não permitem cancelamentos ou alterações, nem mesmo mediante o pagamento de uma taxa. Em casos como esse, na existência de um imprevisto, você acaba perdendo a passagem comprada.

4. Procure opções de hospedagem

Depois de comprar as passagens, é a hora de procurar a sua hospedagem. Existem diferentes tipos de acomodação: hotéis, pousadas, casas ou apartamentos em aluguéis por temporada, resorts, entre outros. Procure uma boa hospedagem, que acomode você e as pessoas que estiverem com você (se for o caso) confortavelmente e que supra as suas necessidades.

Dê atenção à localidade da hospedagem – quão acessível ela é, quão perto ou longe ela é do centro ou das principais atrações turísticas do destino – e também aos itens e serviços inclusos no pacote. Há hotéis e pousadas que oferecem café da manhã, ao mesmo tempo em que há casas e apartamentos alugados que já contam com alguns utensílios domésticos, por exemplo. Não esqueça, ainda, de conferir as condições de cancelamento e os horários de check-in e check-out.

5. Monte o seu roteiro de viagem

Finalmente, monte o seu roteiro de viagem. Pesquise sobre as atrações do seu destino, veja quais são os dias de funcionamento, horários e condições de entrada. Procure saber os valores, meios de se conseguir os ingressos necessários e qual o caminho a ser percorrido do seu local de acomodação até a atração.

Esta etapa é importante para que você não perca tempo na sua hospedagem ou em outros lugares decidindo qual será o próximo programa. No entanto, nada te impede de decidir novas programações de última hora. Sua viagem não precisa ter horários fixos a serem seguidos – o principal é o descanso e a diversão.

Vale a pena, ainda, pesquisar sobre a previsão do tempo quando a viagem estiver mais perto de acontecer. Sabendo se fará calor, frio ou chuva nos dias dos passeios, fica ainda mais fácil se organizar.

6. Faça um seguro viagem

Um item fundamental numa viagem internacional é a contratação de um seguro viagem. Este tipo de seguro tem como objetivo garantir o atendimento médico ao viajante em casos de urgência ou emergência. Ele é tão importante que chega a ser obrigatório em alguns destinos, principalmente europeus. Isso porque, nestes países, o atendimento médico público não é gratuito para estrangeiros.

Embora o seguro viagem seja muito importante para viagens internacionais, ele também pode ser usado em viagens domésticas. Nem todos os viajantes possuem um convênio médico com abrangência nacional. Aqueles que têm um plano de saúde com cobertura estadual, municipal ou de outros tipos, podem contratar esta proteção para ter uma viagem mais segura.

7. Organize sua saída

Com todas as demais coisas já organizadas – datas, passagens, hospedagem, roteiro e seguro viagem -, é preciso organizar a saída para a viagem. Saiba como você irá para o aeroporto e a que horas deve sair de casa para chegar a tempo para um embarque tranquilo e sem correria. Caso você escolha ir para o aeroporto pedindo um carro por aplicativo, não esqueça de adicionar alguns minutos ao horário de saída, uma vez que a chegada do motorista pode ser maior do que o esperado.

8. Faça suas malas

O último passo para planejar a sua viagem é fazer as suas malas. Sabendo quais são os tipos de mala que a sua passagem aérea te dá direito – mala de mão, mala para despachar ou ambas -, organize seus pertences na bolsa respeitando o limite de medidas e pesos.

Não esqueça, também, de pesquisar sobre o clima do seu destino na época da sua viagem. Isso é algo determinante para a sua bagagem, sobretudo para as roupas que serão levadas. Separe os acessórios, calçados adequados e lembre-se de reunir todos os documentos necessários para a viagem: documentos de identidade, passaporte, visto, entre outros.

Por que planejar uma viagem?

Existem viajantes que gostam de viajar de última hora. Não há nada de errado nisso, no entanto, planejar uma viagem te ajuda a evitar certas situações, além de deixar todo o processo pré-viagem mais tranquilo.

Ao investir tempo no planejamento de uma viagem, é possível conseguir vagas em hotéis que, normalmente, estão ocupadas em datas mais próximas à da viagem. Além disso, as passagens aéreas também ficam mais caras conforme a proximidade do voo – por essa razão, é importante comprá-las com, no mínimo, dois meses de antecedência.

Ao planejar uma viagem, você também consegue combinar as melhores datas com os melhores destinos. Nem sempre uma viagem de última hora pode ser feita ao destino sempre sonhado, e quando isso é possível, ainda há o risco da época ou estação do ano não garantir um clima favorável.

Sendo assim, por mais que uma viagem possa, sim, ser feita sem um planejamento, esta etapa pode proporcionar um tempo melhor de lazer, com mais tranquilidade e economia.

Planejar uma viagem me livra de problemas com voos?

Depende do problema. Os problemas mais comuns são o atraso e cancelamento de voos, porém, o viajante ainda pode ser vítima de overbooking, perder a sua conexão ou ter sua bagagem extraviada. Embora o planejamento da viagem reduza as chances de se ter um destes problemas, a possiblidade ainda existe.

Ter um voo atrasado ou cancelado pode ser evitado ao escolher uma companhia aérea com baixos índices deste tipo de situação. Porém, é preciso se lembrar que imprevistos ainda acontecem, como fatores climáticos e manutenções não programadas. Até mesmo as companhias mais pontuais correm o risco de ter o horário de partida de seus voos prorrogado, nem que seja por poucos minutos.

Os problemas de overbooking e extravio de bagagem também podem ser evitados com a boa escolha da companhia aérea. Em sites de reclamações, como o Reclame Aqui, é possível saber quais são as principais queixas dos clientes, principalmente de problemas com voos. Neste caso, uma boa dica é evitar empresas que têm um grande número de reclamações sobre essas situações.

Por fim, a perda de conexão é o único problema que você pode evitar e ter 100% de certeza que ele não irá acontecer. Optando por voos diretos, este é um problema a menos para você se preocupar.

Se mesmo com todos esses cuidados você ainda tiver um problema com o seu voo, conte com a ajuda da Voe Tranquilo! Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo atrasado ou cancelado, assim como aquele que perdeu sua conexão, teve sua bagagem extraviada ou foi vítima de overbooking.

Dependendo do caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Como funcionam os programas de milhas aéreas?

Viajar com animal de estimação no avião: quais as regras?

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close