O passo a passo de como tirar o passaporte

O passo a passo de como tirar o passaporte

Vai fazer uma viagem internacional? Saiba como tirar o seu passaporte e veja quais são os outros documentos que você pode precisar!

Banner 728x90 Banner 300x100

Sabemos o quanto a primeira viagem internacional é um momento especial. No entanto, diferente do que acontece em viagens nacionais, nem sempre só o RG é suficiente para a entrada em um outro país. Por isso, você com certeza já deve ter se feito a pergunta: como faço para tirar o passaporte?

Ele é um dos documentos mais importantes em viagens internacionais. Afinal, é o que permitirá sua entrada no país de destino. Mas atenção: em alguns países, além do passaporte, o passageiro precisa apresentar o visto autorizando sua entrada (clique aqui para saber em quais países o visto é exigido).

Pretende viajar para os Estados Unidos, Europa, Ásia ou qualquer outro país além da América do Sul? A seguir, veja passo a passo como você pode fazer para tirar um passaporte.

1. Quais são os documentos necessários para tirar o passaporte

  • Documento de Identidade: a primeira coisa que você vai precisar é de um documento pessoal com foto. Lembrando que vale tanto o seu RG (Carteira de Identidade), quanto a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e até mesmo a sua Carteira de Trabalho;
  • CPF: em complemento ao Documento de Identidade, mas caso você já tenha inscrito o CPF em seu RG ou CNH, não vai precisar apresentar esse documento;
  • Foto 5×7: você não precisa se preocupar em levar a foto na hora de tirar o passaporte. Isso porque ela é tirada no momento do atendimento na Polícia Federal. A exceção é para crianças menores de 3 anos de idade, pois, neste caso, é necessário levar uma foto do rosto que seja recente, colorida e com o fundo branco;
  • Certidão de Casamento: se tiver o nome alterado pelo estado civil de casado, é importante levar também a certidão de casamento na hora de ir tirar o seu passaporte;
  • Certidão de Naturalização: caso você seja brasileiro naturalizado e queira tirar o passaporte no Brasil, é necessário apresentar este documento;
  • Passaporte antigo: a cobrança pela emissão do passaporte é diferente quando se trata da renovação do documento. Por isso, se você já tem um passaporte, é importante levá-lo no momento de tirar um novo documento. Desta forma, você paga cerca de metade do que custa a emissão do primeiro passaporte.

Esses são os principais documentos que você vai precisar para tirar o passaporte. Além disso, é importante estar regularmente em dia com o cadastro eleitoral e militar. Como hoje em dia não é mais necessário apresentar o título de eleitor, comprovantes de votação e, no caso dos homens, prestação de serviço militar, é válido checar sua situação eleitoral e militar antes de ir até o posto da Polícia Federal, a fim de evitar imprevistos.

No site da Polícia Federal você pode baixar uma lista com todos os documentos acima. Assim, fica mais fácil checar se você separou tudo o que é necessário para a emissão do passaporte.

2. Acesse o site da Polícia Federal para solicitar o passaporte

Reunidos os documentos, é hora de preencher o formulário no site da Polícia Federal para solicitar o passaporte.
A seguir, veja quais são as informações solicitadas no formulário para emissão do documento.

Tela 1: dados pessoais

Para dar início ao preenchimento do formulário, acesse o site da Polícia Federal e clique na opção “Passaporte”, que fica entre as opções “Migração” e “Produtos Químicos”. Em seguida, clique em “Iniciar” para abrir o formulário.

tirar-passaporte-1

Para facilitar, grifamos os campos da primeira tela do formulário que vai aparecer para você ao solicitar um novo passaporte. Nessa primeira etapa, você vai preencher os seus dados pessoais, local de nascimento, bem como detalhar alguma possível alteração de nome.

Tela 2: documentos

tirar-passaporte-2

Depois de inserir seus dados pessoais, chegou o momento de digitar o número dos documentos que listamos acima.
Importante! Caso você tenha um passaporte antigo, vai precisar acrescentar a situação, série e número dele nesta etapa do formulário.

Tela 3: dados complementares

tirar-passaporte-3

Por último, adicione algumas informações complementares como sua profissão, endereço, e-mail, e clique em “próximo”.

Tela 4: revisão de dados

tirar-passaporte-4

Finalmente, cheque todas as informações que você colocou e clique em “Enviar”. Será gerado um protocolo e também o boleto GRU (Guia de Recolhimento da União) para pagamento, uma taxa do governo cobrada para tirar o passaporte.

3. Taxa de emissão do passaporte

Após fazer a solicitação do passaporte por meio do formulário da Polícia Federal, o próximo passo é o pagamento do boleto (GRU) que foi gerado.

O valor atual da taxa para o primeiro passaporte é de R$257,25 (duzentos e cinquenta e sete reais e vinte e cinco centavos), o mesmo cobrado para a emissão das próximas vias. Entretanto, se o documento antigo não for apresentado na emissão da segunda via, a cobrança a mais é de R$514,50 (quinhentos e catorze reais e cinquenta centavos), totalizando R$771,75 (setecentos e setenta e um reais e setenta e cinco centavos). Você pode fazer o pagamento da GRU pela internet, casas lotéricas ou rede bancária.

Feito o pagamento, você já pode agendar o atendimento para tirar o passaporte pelo mesmo site em que preencheu o formulário. O próprio sistema libera o acesso ao calendário para que você agende uma data.

Atenção! O valor da taxa para tirar um novo passaporte foi verificado em 24/05/2021 e está sujeito a alterações.

4. Marque um horário de atendimento para emitir o passaporte

Assim que o pagamento do boleto GRU for confirmado, o que leva em torno de 24 a 72 horas úteis, vá até o site da Polícia Federal, na aba Agendamento de Atendimento. A seguinte tela deverá aparecer:

tirar-passaporte-5

Preencha com o seu CPF, o número de protocolo gerado na solicitação para tirar o passaporte e a sua data de nascimento.

Assim que clicar em “prosseguir”, você será redirecionado para uma tela, onde serão indicadas as cidades e postos disponíveis para atendê-lo, assim como os dias e horários livres em cada um deles.

Considere o local mais favorável e marque um dia e horário para comparecer ao posto da Polícia Federal e concluir o processo de tirar o passaporte.

5. Entregar os documentos no posto da Polícia Federal

Na data marcada para ir tirar o passaporte, lembre-se de levar todos os documentos que listamos acima. O comprovante de pagamento da GRU não é obrigatório nessa etapa, mas, em todo caso, é válido levá-lo para evitar imprevistos.

O atendimento para emitir o documento é simples e rápido! Você passa por uma triagem que confere os seus dados, depois te encaminham para tirar a sua foto e recolher as suas impressões digitais.

No final do atendimento, vão lhe entregar um protocolo. Agora é só aguardar o seu passaporte ficar pronto – em geral, o prazo não passa de seis dias úteis. É possível acompanhar o andamento do seu pedido pelo próprio site da Polícia Federal, na aba Consultar solicitação de passaporte.

6. Retire seu passaporte e tenha uma boa viagem!

Ao conferir que o seu passaporte está pronto, é só fazer a retirada no posto da Polícia Federal em que você foi atendido.

É importante lembrar que a entrega é feita diretamente ao titular do passaporte e que menores de idade deverão estar acompanhados de seus pais ou responsáveis.

O prazo limite para retirar o passaporte é de até 90 dias. Passado esse período, o novo passaporte será cancelado.

Pronto! Agora você já sabe como tirar o passaporte e pode aproveitar tranquilamente as suas viagens internacionais. A validade do seu novo passaporte é de dez anos. Quando esse prazo vencer, é importante que você leve seu passaporte antigo e refaça todos os passos acima.

Quais são os outros documentos necessários para uma viagem internacional?

Além do passaporte, dependendo do seu destino, você precisará de outros documentos, como vistos e certificados de vacinação.

Alguns países da América do Sul, exclusivamente aqueles que fazem parte do Mercosul, não exigem que o turista apresente o passaporte. Para viajantes brasileiros, basta o RG para que o embarque seja liberado.

Fique atento! No Brasil, outros documentos são aceitos como documentos de identidade, como a CNH, por exemplo. No entanto, para embarcar para os países do Mercosul, deve-se apresentar o RG. CNH e outros documentos não são aceitos, mas somente o RG.

Em viagens internacionais, o visto de acordo com o destino é exigido no momento do desembarque. Sem ele, o passageiro não consegue entrar no país onde desembarcou. O processo para a sua emissão pode ser um pouco demorado. Por isso, vale a pena se organizar com antecedência.

Há, ainda, o Certificado Internacional de Vacina, necessário em destinos como África do Sul, Austrália, Bolívia, entre outros. Normalmente, a vacina mais exigida é a de Febre Amarela, mas pode haver outras. Saiba mais sobre este documento nesta matéria.

Caso o turista queira dirigir durante a viagem, pode ser que ele precise da Carteira de Motorista Internacional ou da Permissão Internacional para Dirigir (PID). Este documento pode ser solicitado junto ao Detran do seu estado.

Outros documentos que podem ser solicitados, a depender do seu destino, são o comprovante de hospedagem, o seu dinheiro reservado para a viagem e a passagem de volta para o seu país de origem. Normalmente, esses documentos são pedidos na imigração para provar que você não tem más intenções para com o país onde está tentando entrar.

Os comprovantes e as passagens de volta podem ser impressos facilmente, porém, caso você não esteja com toda a quantia de dinheiro em espécie, pode mostrar um extrato bancário atualizado e uma fatura do cartão de crédito com o limite de compra.

Por último, é fundamental que você contrate um seguro viagem, sobretudo em viagens internacionais. Em alguns destinos, esse seguro é obrigatório, enquanto em outros, apesar da não exigência, ele é altamente recomendável. Sua principal função é garantir atendimento em urgências e emergências médicas ao segurado enquanto ele estiver no exterior.

Há alguns seguros que, além de cobertura de despesas médicas, também oferecem coberturas contra alguns problemas com voos, como o extravio de bagagemperda de conexão e atraso e cancelamento de voo. Neste caso, o seguro é mais completo e garante uma experiência mais segura ao viajante.

Se você tiver algum problema com voo durante a sua viagem e o seu seguro não cobrir este tipo de situação, você pode contar com a ajuda da Voe Tranquilo! Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo atrasado ou cancelado, assim como aquele que perdeu sua conexão, teve sua bagagem extraviada ou foi vítima de overbooking.

Dependendo do seu caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Quanto custa para tirar o passaporte?

Quanto custa para tirar o visto?

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico. Texto revisado por Renato Haidamous Rampazzo, cadastrado na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seção de São Paulo, sob o número 406.543.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close