15 melhores destinos para uma viagem em família

15 melhores destinos para uma viagem em família

Há vários destinos nacionais e internacionais incríveis para uma viagem em família! Veja 15 opções e saiba qual combina mais com a sua turma!

Banner 728x90 Banner 300x100

Viajar em família é sempre muito bom. Reunir boas memórias, aproveitar o tempo com as pessoas mais próximas e conhecer outros lugares são ótimas atividades para se fazer durante o ano, especificamente durante as férias escolares, que é quando a maior parte de viagens deste tipo acontece. Por essa razão, separamos os melhores 15 destinos para fazer uma viagem em família.

Dependendo do tamanho da sua família, assim como da idade dos seus integrantes, um destino pode ou não ser a melhor opção. É por isso que vale a pena planejar bem a viagem antes de comprar as passagens – saber quais são os pontos turísticos e outras atrações, entender como é a estrutura da cidade e como funcionam os horários, entre outras coisas.

Pretende viajar em família? Confira a lista que preparamos e veja qual é o destino que mais combina com vocês!

Viagens em família: 15 melhores destinos

Abaixo, separamos os destinos entre nacionais e internacionais. Veja quais são os lugares do mundo onde uma viagem em família pode ser incrível.

Viagens nacionais

1. Lençóis Maranhenses (MA)

Os Lençóis Maranhenses por si só já são um ponto turístico brasileiro. As grandes dunas e as lagoas de água doce que as rodeiam possibilitam uma série de atividades, como passeios de buggy, caminhadas sobre as dunas, mergulhos nas lagoas, entre outras coisas.

Entre os passeios vendidos por agências de turismo, é possível explorar a região em grupo ou até de forma privada. Assim, você e sua família podem aproveitar o máximo da região, a pé ou de carro.

Sendo um destino litorâneo, a região é mais visitada nas épocas de alta temporada, principalmente no verão. Para viagens durante a baixa temporada, é preciso ter atenção, pois as lagoas secam durante um período do ano.

2. Maragogi (AL)

Maragogi é um ótimo destino em Alagoas. A cidade é bem estruturada, com boas opções de hotéis e restaurantes, além de receber vários turistas, principalmente no verão.

Uma das características que torna o local uma boa opção entre os destinos para uma viagem em família, principalmente para crianças, é a tranquilidade da água das praias. Isso deixa os pais mais tranquilos com relação ao seus filhos brincando na água, ao mesmo tempo que permite um relaxamento no mar. Há, ainda, piscinas naturais com peixes de diferentes cores.

A região é mais visitada durante os últimos e primeiros meses do ano, que são de alta temporada. Para uma viagem mais tranquila, considere viajar na baixa temporada, durante o outono e primavera, lembrando que o local tem sol praticamente o ano todo.

3. Bento Gonçalves (RS)

Um bom destino no sul do país é Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. A cidade faz parte da chamada Serra Gaúcha, juntamente com Gramado, Canela e outras cidades.

Numa viagem em família, é possível fazer passeios de trem, visitar o Parque da Ovelha, o Parque Gasper e o Parque Caminho da Aventura. Além disso, enquanto os pais visitam as famosas vinícolas, as crianças têm um tempo de recreação. É o que acontece na vinícola Dal Pizzol – que tem pracinha, lago e animais soltos pelo gramado – e na vinícola Miolo – que tem espaços temáticos com monitores e atividades especiais para crianças.

Julho é quando Bento Gonçalves fica mais cheia, porém, uma viagem no outono pode ser mais tranquila e garantir uma concorrência menor nas atrações e vinícolas.

4. Una (BA)

Outra opção entre os melhores destinos para uma viagem em família é a cidade de Una, no sul da Bahia, onde está a Ilha de Comandatuba. A região é perfeita para viagens mais tranquilas, para descansar, porém também permite programas mais agitados e divertidos.

Em primeiro lugar, é possível aproveitar a praia, relaxar sob o guarda-sol e tomar um banho de mar. Famílias que se interessam por ecoturismo podem visitar a Passarela dos Caranguejos, na qual se pode ver vários tipos diferentes de árvores e caranguejos. Além do clima praiano, também é possível aproveitar o artesanato e culinária baiana.

A primavera é a estação ideal para se visitar a ilha em família, principalmente para aproveitar a praia. No entanto, a viagem pode ser feita em qualquer época do ano.

5. Paraty (RJ)

Paraty une os climas histórico e praiano, permitindo uma sensação de cidade do interior e de cidade litorânea ao mesmo tempo. Visitar o centro histórico, que tem ruas de pedras e casinhas brancas com batentes coloridos, juntamente com todas as outras estruturas que acompanham o mesmo estilo, é um ótimo passeio para se fazer em família, enquanto se aproveita o almoço ou jantar nos restaurantes das proximidades.

Além disso, ainda é possível aproveitar a praia. Dá pra ficar na areia, tomar banho de mar e até fazer passeios de barco, escuna ou caiaque. Outros programas disponíveis são passeios até as cachoeiras e de bicicletas pela ciclovia e pela Estrada Real.

Durante as altas temporadas, Paraty recebe mais turistas, o que deixa suas ruas mais cheias. Para conseguir andar mais tranquilamente pelo centro histórico, considere viajar na baixa temporada, especialmente entre os meses de junho e setembro.

6. Nobres (MT)

É na cidade de Nobres, no Mato Grosso, que se encontra o Aquário Encantado. A cerca de 145 quilômetros da capital do estado, essa região permite o mergulho com diversas espécies de peixes em águas claras e cristalinas.

O espaço para nadar pode parecer pequeno, mas é bem fundo – são seis metros de profundidade. O passeio é monitorado por um condutor que dá instruções de segurança e cuidado com a natureza, com permanência limitada a 30 minutos. Além disso, só é permitido entrar na água com colete salva-vidas e sapatilhas.

Para não ter problemas com a estrada, uma boa opção é visitar o local fora da época de chuvas, que é entre outubro e março. Portanto, viajando em família entre abril e setembro pode ser melhor, mesmo com o calor mais intenso.

7. Natal (RN)

Natal é mais um dos destinos litorâneos que são ótimos para uma viagem em família. São vários programas possíveis, dentre os quais podemos destacar as várias praias da cidade, a Lagoa de Arituba (algumas atividades são tirolesa, pedalinho, caiaque e stand up), passeios de buggy e quadriciclo e uma visita ao aquário de Natal (que tem outros animais além dos marinhos).

Se deliciar com a gastronomia local é uma atração à parte, assim como conhecer as feiras de artesanato.

Os melhores meses para visitar a região são entre setembro e janeiro, que são mais ensolarados e com um volume menor de chuvas. Os meses de abril e maio são mais chuvosos, o que pode não ser muito agradável para a viagem.

8. Manaus (AM)

Manaus é uma cidade grande, no norte do país e perfeita para se viajar em família. São diversos pontos turísticos para se visitar, como o Teatro Amazonas, o Museu da Amazônia, o encontro das águas do rios Negro e Solimões e a praia da Ponta Negra.

Além deles, bons passeios para se fazer com crianças são visitas ao zoológico do CIGs, que adota animais resgatados pelo Ibama, e ao Centro Cultural dos Povos da Amazônia, onde é possível conhecer a história e costumes das comunidades indígenas em uma visita guiada.

Em qualquer época do ano, o clima da cidade proporciona altas temperaturas, porém, durante os meses de junho a novembro, o volume de chuvas é menor. A estação chuvosa é de dezembro a maio e faz com que os rios fiquem mais cheios.

9. Foz do Iguaçu (PR)

Foz do Iguaçu, no Paraná, faz fronteira com o Paraguai e a Argentina e é um dos melhores destinos para se visitar em uma viagem em família. As Cataratas do Iguaçu, que são a maior atração da região, permitem não apenas a sua observação mais de perto, mas também passeios – é possível escolher entre dois passeios de barco no rio Iguaçu, um mais tranquilo e outro mais radical.

Outra atração é o parque das aves. Nele, as crianças e adultos podem conhecer os viveiros de aves tropicais raras, como tucanos, araras, periquitos, entre outros. O parque também tem um borboletário, um viveiro de beija-flores e um setor de répteis com cobras e jacarés, e conta com 17 hectares de mata nativa.

É interessante visitar as Cataratas entre outubro e março, nas estações da primavera e verão, pois é nesta época que as cachoeiras ficam mais cheias. Apesar disso, o destino é incrível de se conhecer em qualquer época do ano.

10. Rio Quente (GO)

A cidade de Rio Quente, em Goiás, oferece duas atrações ideais para quem gosta de parques aquáticos. O Parque das Fontes e o Hot Park estão dentro do Rio Quente Resorts e garantem uma experiência diferenciada com suas águas aquecidas naturalmente.

Enquanto o primeiro parque só pode ser visitado por sócios e por quem se hospeda em um dos hotéis do resort, o segundo pode ser visitado também por visitantes pagantes. Além das piscinas para os diferentes públicos, é possível se divertir e descansar em duchas, ofurôs, saunas, praias artificiais, mergulho com instrutores, entre outras atrações.

É normal que Rio Quente fique mais cheia durante os meses de alta temporada, como começo, meio e final do ano. Os meses mais indicados para se conhecer o local são agosto, setembro e outubro, que é quando a temperatura fica mais quente, ideal para visitar os parques aquáticos.

Viagens internacionais

1. Machu Picchu (Peru)

Também conhecida como Cidade Perdida dos Incas, Machu Picchu, no Peru, é um destino perfeito para famílias que se interessam por passeios culturais em ambientes históricos. É possível chegar ao local de trem ou por meio de trilhas, fazendo com que o trajeto até o ponto turístico já conte como uma atração.

O passeio nas ruínas dura cerca de 2 horas e pode ser guiado. Neste caso, o instrutor conta as histórias relacionadas ao local, assim como os mitos sobre cada canto, tornando a experiência bem mais encantadora.

2. Lisboa (Portugal)

Além da facilidade no idioma, Lisboa também oferece atrações que são ótimas para famílias, inclusive com crianças. Um dos programas é o passeio no teleférico do Parque das Nações, onde é possível ter uma vista panorâmica do Rio Tejo.

Há também o Oceanário de Lisboa, com mais de 15 mil animais. São cerca de 30 aquários com mais de 500 espécies da vida marinha de todas as partes do mundo. Ele é o segundo maior oceanário do mundo e tem tubarões, arraias, lontras, pinguins, peixes de várias espécies, entre outros animais.

3. Los Angeles (EUA)

Los Angeles é uma cidade grande com diversos tipos de atrações, indo desde passeios mais culturais até programas mais agitados e divertidos. Algumas atrações são o Walt Disney Concert Hall (uma casa de espetáculos), o LACMA (Museu de Arte do Condado de Los Angeles) e o California Science Center (museu com apresentações e exposições interativas).

Além de tudo isso, ainda é possível aproveitar as praias da cidade, alugar bicicletas de 1, 2, 3 ou mais lugares e conhecer a Calçada da Fama e o Parque Universal Studios Hollywood.

4. Montevideo (Uruguai)

Não tão longe do Brasil, Montevideo, no Uruguai, tem vários pontos históricos, como o Theatre Solis, o Andes Museum, a Praça da Independência e o Mercado Agricola Montevideo.

Há também atrações mais dinâmicas, como o parque de diversões Rodó, o museu interativo Espacio Ciencia, o planetário da cidade, o parque zoológico Lecocq e as praias do município.

5. Cidade do Cabo (África do Sul)

Por fim, um dos destinos internacionais para se fazer uma viagem em família é a Cidade do Cabo, perfeita para famílias que gostam de animais. O Inverdoorn Private Game Reserve é um safári localizado perto da Cidade do Cabo e permite que os visitantes vejam animais selvagens de perto, como elefantes, rinocerontes, leões, entre outros.

É possível visitar a roda gigante, nomeada The Cape Wheel, e ter uma visão incrível da cidade, e ainda passear num trenzinho no V&A Waterfront, o complexo turístico mais visitado do país. O trem é colorido e o passeio é bem tranquilo, ideal para crianças.

Documentos necessários para uma viagem em família

Além de conhecer os melhores destinos para uma viagem em família, é essencial saber quais documentos podem ser exigidos por cada país.

Tanto para adultos, como para crianças, é fundamental ter um documento de identidade com foto. Em viagens nacionais, o documento pode ser o RG, a CNH e até a carteira de trabalho. No caso das crianças, o documento deve comprovar o grau de parentesco com os acompanhantes adultos, podendo ser uma certidão de nascimento.

Já em viagens internacionais para os países pertencentes ao Mercosul, o documento exigido é o RG – a apresentação da CNH ou carteira de trabalho não é considerada válida.

Para outros destinos internacionais, o passaporte é indispensável para cada passageiro, uma vez que ele funciona como uma identidade internacional. Além disso, o visto também é necessário, de acordo com o destino. Confira aqui quais são os países em que o visto é obrigatório.

Outro documento solicitado em viagens internacionais é o Certificado Internacional de Vacinação, que também pode ser solicitado em alguns destinos nacionais – no caso, o documento a ser apresentado é o Certificado Nacional de Vacinação. Normalmente, a vacina mais exigida é a de Febre Amarela, mas pode haver outras.

É possível, ainda, que os adultos precisem da Carteira de Motorista Internacional ou da Permissão Internacional para Dirigir (PID), e tenham que apresentar o comprovante de hospedagem, o seu dinheiro reservado para a viagem e a passagem de volta para o seu país de origem.

Em geral, esses últimos três documentos são solicitados no processo de imigração, para provar que você não tem más intenções para com o país onde está tentando entrar. Neste caso, você pode imprimir os comprovantes da hospedagem e das passagens e, se não tiver toda a quantia de dinheiro em espécie, mostrar o seu extrato bancário atualizado e uma fatura do cartão de crédito com o limite de compra.

Para crianças, caso a viagem em família seja com apenas um dos pais, é necessário, ainda, apresentar uma autorização assinada pelo outro pai, com firma reconhecida em cartório em duas vias, ou autorização judicial.

Por fim, é fundamental que a família tenha um seguro viagem, principalmente em viagens internacionais. Este tipo de proteção serve, basicamente, como uma assistência médica em casos de urgências e emergências médicas no exterior.

Há alguns seguros que são de modalidades mais completas, oferecendo também cobertura contra problemas com voos. Porém, se o seu seguro não tiver este tipo de proteção e o seu voo atrasar ou for cancelado, por exemplo, a Voe Tranquilo pode te ajudar!

Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo atrasado ou canceladoperdeu sua conexão, teve sua bagagem extraviada ou foi vítima de overbooking.

Dependendo da situação, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

15 melhores destinos para viajar com crianças

15 melhores destinos para viagens de casal

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico. Texto revisado por Renato Haidamous Rampazzo, cadastrado na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seção de São Paulo, sob o número 406.543.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close