Os 10 melhores destinos na África: veja quais são!

Os 10 melhores destinos na África: veja quais são!

Já pensou em conhecer os melhores destinos da África? Veja uma seleção de 10 cidades do continente e programe sua próxima viagem!

Banner 728x90 Banner 300x100

Principalmente para os turistas mais aventureiros e que gostam de regiões selvagens, a África é um continente que possui alguns dos melhores destinos para uma viagem inesquecível.

Infelizmente, muitas pessoas ainda veem a África como uma terra extremamente pobre e que ainda sofre as consequências da exploração colonial. No entanto, vários de seus destinos já atraem os turistas, especialmente regiões que permitem o contato com os animais.

Sonha em conhecer o terceiro maior continente do mundo? Saiba quais são os 10 melhores destinos na África e veja qual deles mais tem a ver com você!

Quais são os melhores destinos na África?

Existem vários critérios para classificar um país ou cidade como um melhor destino. Os viajantes desejam conhecer determinada região por razões pessoais, interesses culturais, pela variedade de atrações turísticas reconhecidas mundialmente, entre outros motivos.

Assim, nesta matéria, selecionamos os 10 melhores destinos para visitar de acordo com o Prêmio Travellers’ Choice 2022 de destinos africanos mais badalados. O ranking é feito pelo site de viagens Tripadvisor.

Para a composição do ranking, foram consideradas avaliações e opiniões de turistas que utilizam a plataforma e que já estiveram nos destinos avaliados.

A seguir, veja 10 destinos africanos eleitos como melhores lugares para se viajar.

1. Marrakech, Marrocos

Também conhecida como “cidade vermelha”, por conta de suas construções que lembram a cor, Marrakech é uma das cidades mais visitadas em Marrocos, sendo que o seu centro é considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.

Alguns dos monumentos mais conhecidos da cidade são a Mesquita da Koutoubia, o Palácio El Badi, o Palácio da Bahia, os Túmulos Saadis e os Jardins da Menara.

Quem pretende conhecer a região pode se preparar para encontrar de tudo: o centro da cidade reúne diversos tipos de atrações e comerciantes, como músicos, dançarinos, encantadores de serpentes, domadores de macacos, vendedores ambulantes, barraquinhas de comida, mercados de rua, entre outras coisas.

A vida noturna também pode ser uma atração. Marrakech conta com várias casas noturnas e baladas. Em compensação, há mais cafés do que bares, já que consumir bebidas alcoólicas em público é proibido na cidade.

2. Nairóbi, Quênia

Nairóbi é a capital do Quênia e atrai muitos turistas pelos safáris que podem ser feitos. A cidade reúne centros urbanos à natureza, o que a coloca no segundo lugar na lista de 10 melhores destinos na África.

Os principais pontos turísticos são o Museu Karen Blixen, o Giraffe Centre e as estátuas do Memorial de Guerra, além da Galeria de Arte Banana Hill e o Centro Cultural e de Artes Paa Ya Paa. A cidade também conta com boates, para quem gosta de aproveitar a vida noturna, e diversos mercados, lojas e restaurantes bem movimentados.

Turistas que quiserem ver animais de perto podem se aventurar no safári no Parque Nacional de Nairóbi ou, ainda, visitar o Orfanato de Animais e ver leões, crocodilos, macacos, babuínos, girafas, elefantes e outros animais.

Nairobi

3. Fez, Marrocos

Outro destino marroquino e que também possui uma região considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco é a cidade de Fez. A região eleita é a Fez El-Bali, que é repleta de mercados exóticos e de diferentes categorias, mas todos muito próximos.

Fez também é a mais antiga das quatro cidades imperiais do país e abriga uma das universidades mais antigas do mundo, a al Quaraouiyine, que infelizmente não pode receber não-muçulmanos.

Apesar da cidade ter uma grande parte antiga, ela também possui uma parte nova, com restaurantes, cafés e bares. Lá, o consumo de bebida alcoólica em público também é proibido.

4. Ilhas Maurício, África

As Ilhas Maurício estão entre os destinos mais ricos da África. O arquipélago é formado pelas Ilhas Rodrigues, Cargados, Agalega, Carajos e Maurícia, que é onde está a capital do conjunto, Port Louis.

A cidade é a porta de entrada para o país. Sua arquitetura é marcada por traços franceses, e seus pontos turísticos não podem ficar de fora do seu roteiro de viagem. Um deles é a região de Caudan Waterfront, que é rica em lojas, bares e restaurantes com uma gastronomia surpreendente.

Há também, para os turistas que buscam descanso, a região de Mont Choisy e Trou-aux-Biches, que é onde se pode encontrar resorts de luxo.

Seus cenários paradisíacos são atrações à parte. São várias praias, lagos, mata nativa e cachoeiras. Vale a pena fazer um roteiro para conhecer as diferentes cidades do arquipélago.

ilhas-mauricio

5. Essaouira, Marrocos

Essaouira é uma cidade litorânea, que, por esse motivo, atrai surfistas e amantes de praia. A região conta com espaços para workshops culinários, bares modernos, pastelarias (que vendem, além de pastéis, doces típicos marroquinos), galerias de arte, restaurantes, entre outros lugares para se conhecer.

Alguns pontos turísticos que podem ser citados são a Medina de Essaouira, as Muralhas de Essaouira, o Essaouira Fishing Port, as praias da cidade e a loja de antiguidades Le Souk.

Sendo uma cidade à beira do Pacífico, sua culinária tende a ter mais opções de peixes e demais frutos do mar. Porém, também pode-se encontrar pratos típicos, além de restaurantes de outras comidas regionais, como a italiana.

6. Cidade do Cabo Central, África do Sul

No extremo sul do continente africano, a Cidade do Cabo é uma das cidades mais visitadas de toda a África. Suas atrações reúnem história, paisagens naturais, esportes e cultura.

É possível visitar a Robben Island (onde Nelson Mandela ficou preso por 27 anos), o Kirstenbosch Jardim Botânico, fazendas de vinho, galerias de arte, bistrôs, bares, pubs e muitos outros lugares.

Os mais aventureiros também podem pegar um teleférico até Table Moutain e fazer a descida de rapel, ou até realizar mergulhos em águas com tubarões.

kirstenbosch-botanical-garden
Kirstenbosch Botanical Garden

7. Knysna, África do Sul

Knysna é outro dos destinos na África que atrai turistas que curtem atrações mais radicais. Um dos programas é um passeio no barco Marine-eco-tour, que navega em alta velocidade, ao mesmo tempo em que permite que os passageiros vejam vários animais.

Alguns dos pontos mais visitados da cidade são o mirante Knysna Heads, o Knysna Elephant Park, a Garden Route National Park, entre outros.

Falando sobre a culinária, a cidade chama a atenção dos seus visitantes por suas ostras. Ela tem, inclusive, um festival anual, o Knysna Oyster Festival, que acontece entre junho e julho, normalmente.

8. Overstrand, África do Sul

Overstrand é mais uma cidade no continente africano onde os turistas podem ver animais de perto e ter contato com eles. Entre os passeios possíveis, há mergulho com tubarões, passeios de barco para ver baleias e safáris.

9. Kigali, Ruanda

Kigali é a capital de Ruanda e, apesar de ter um marco trágico em sua história, possui diversos pontos que agradam os turistas.

Conheça o Kimironko Market, o maior mercado da cidade, a galeria de arte Inema Arts Center e o Museu de Arte de Ruanda. Visite também os vários restaurantes e cafés.

Um dos principais pontos turísticos da cidade é o Memorial do Genocídio de Kigali, uma exposição que conta com várias fotografias, artefatos, informações e esculturas sobre o massacre que deixou mais de 800 mil mortos no país, em 1994. Além disso, o museu também conta com outra exposição sobre a história do genocídio em todo o mundo e intervenções internacionais.

10. Franschhoek, África do Sul

Em último lugar na nossa lista, a cidade de Franschhoek atrai os viajantes com sua variedade de vinícolas. Portanto, um dos programas que não pode faltar no seu roteiro de viagem é a visita a uma vinícola para aproveitar uma degustação.

Também é possível conhecer o centro histórico de Franschhoek, vendo suas construções antigas, montanhas e o Memorial Huguenote. Aproveite para visitar os restaurantes, cafés, lojas e galerias de arte. Além disso, turistas mais radicais também podem fazer trilhas de bicicleta pelas montanhas.

Quais documentos são necessários para uma viagem internacional?

Os principais documentos necessários para fazer uma viagem internacional são o passaporte e o visto. O passaporte é exigido em qualquer viagem para fora do Brasil, exceto para os países que fazem parte do Mercosul.

Para esses países, em especial, o passageiro deve apresentar o RG, sem precisar do passaporte. Vale saber que a CNH ou outro documento de identificação não é válido, mas apenas o RG.

visto, por sua vez, é exigido conforme o país de destino, e também de acordo com o objetivo da viagem. Alguns países não requerem o documento de quem viaja a turismo, mas exigem em viagens mais longas ou a estudo/trabalho. Por isso, não deixe de verificar essa exigência com antecedência, para ter tempo hábil para emitir o documento.

Dependendo do seu destino, você também pode precisar do Certificado Internacional de Vacinação. Exemplos de destinos que pedem este documento são África do Sul, Austrália e Bolívia. Normalmente, a vacina mais exigida é a de Febre Amarela, mas pode haver outras. Saiba mais sobre este documento nesta matéria.

Caso o turista queira dirigir durante a viagem, pode ser que ele precise da Carteira de Motorista Internacional ou da Permissão Internacional para Dirigir (PID). Este documento pode ser solicitado junto ao Detran do seu estado.

Outros documentos que podem ser solicitados, a depender do seu destino, são o comprovante de hospedagem, o seu dinheiro reservado para a viagem e a passagem de volta para o seu país de origem. Normalmente, esses documentos são pedidos na imigração para provar que você não tem más intenções para com o país onde está tentando entrar.

Os comprovantes e as passagens de volta podem ser impressos facilmente, porém, caso você não esteja com toda a quantia de dinheiro em espécie, pode mostrar um extrato bancário atualizado e uma fatura do cartão de crédito com o limite de compra.

Por último, é fundamental que você contrate um seguro viagem. Em alguns destinos, esta proteção chega a ser obrigatória, enquanto em outros locais, ela é altamente recomendável. Sua principal função é garantir atendimento em urgências e emergências médicas ao segurado enquanto ele estiver no exterior.

Existem algumas modalidades de seguro que, além de oferecerem cobertura de despesas médicas, têm também coberturas contra o extravio de bagagematraso e cancelamento de voo e outros problemas com voos. Neste caso, a proteção é mais completa e pode garantir uma experiência mais segura ao viajante.

Se você tiver algum problema com voo durante a sua viagem e o seu seguro não cobrir este tipo de situação, conte com a ajuda da Voe Tranquilo! Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo atrasado ou cancelado, assim como aquele que perdeu sua conexão, teve sua bagagem extraviada ou foi vítima de overbooking.

Dependendo do seu caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Os 10 melhores destinos na Europa: confira!

Os 10 melhores destinos na Ásia: conheça!

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline