Veja 6 dicas para viajar no inverno!

Veja 6 dicas para viajar no inverno!

Quer fazer uma viagem na estação mais fria do ano? Confira 6 dicas para viajar no inverno e ficar longe de situações desagradáveis.

Banner 728x90 Banner 300x100

Nem sempre o lugar que queremos visitar é uma boa opção para aquele momento. Dependendo da estação do ano, uma praia paradisíaca pode não ser o destino ideal, assim como uma cidade famosa pela sua estação de esqui. Por isso, separamos 6 dicas para você viajar no inverno e aproveitar o máximo possível da sua viagem!

Viajar no inverno, talvez mais do que em outras estações, exige alguns cuidados, que começam já no planejamento da viagem. É preciso considerar uma série de fatores que podem influenciar positiva ou negativamente o seu tempo de lazer, como o destino, a hospedagem e as condições oferecidas, a abertura ou fechamento de atrações turísticas, entre outras coisas.

Confira agora as nossas dicas para ter uma viagem no inverno incrível e se prevenir de possíveis situações desagradáveis.

6 dicas para viajar no inverno

1. Saiba sobre como é o inverno no seu destino

A primeira coisa que você deve saber quando pretende viajar durante o inverno é como é essa estação no destino da sua viagem. É a partir dessa informação que você pode planejar toda sua viagem, principalmente a hospedagem e passeios.

Esta pesquisa é altamente recomendável para viagens nacionais e necessária para viagens internacionais. No Brasil, o clima predominante é quente e úmido, no entanto, há alguns estados que podem ser mais frios do que os demais, principalmente os estados do sul, como Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em determinadas épocas, esta região recebe até neve! Por isso, não deixe de pesquisar como é o inverno no seu destino nacional, principalmente se você for de algum estado do nordeste ou norte, onde as temperaturas dificilmente são mais baixas.

Já para viagens internacionais, o cuidado deve ser redobrado. Em outros países, o inverno pode ser muito mais rigoroso do que no Brasil. Destinos na Europa e na América do Norte, por exemplo, costumam ser bem frios, com uma enorme diferença do inverno brasileiro. Assim, é importante que a pesquisa seja feita não apenas para o planejamento material, mas também para o planejamento psicológico.

2. Escolha bem a hospedagem

Sabendo o nível do frio no seu lugar de destino, escolha muito bem o hotel, pousada ou outro tipo de acomodação, dando atenção a detalhes como aquecimento, isolamento térmico e chuveiro. Nada mais desconfortável do que chegar no lugar de hospedagem e se deparar com um chuveiro frio, ou com uma janela que não fecha, ou com um aquecedor que não funciona ou que não aquece o suficiente.

Há alguns sites em que você consegue ver a classificação do local onde pretende se hospedar. Procure avaliações no período semelhante ao da sua viagem, principalmente dos detalhes relacionados ao conforto térmico. Confira se o quarto possui um bom aquecedor, se o chuveiro é quente o suficiente, se o piso é confortável (de madeira, geralmente), se a piscina que tem é aquecida e, inclusive, se é necessário ou não levar roupas de cama e toalhas.

Por fim, veja também a localidade do hotel ou pousada. Locais cercados de verde costumam ser mais frios, assim como aqueles que estão em picos e lugares mais elevados.

3. Pesquise sobre os passeios possíveis

Em viagens a lazer, é fundamental que você veja com antecedência o que conseguirá fazer no seu destino. No inverno, passeios ao ar livre podem não ser tão confortáveis. Por mais que você se agasalhe muito bem, passar o dia todo recebendo o vento frio pode ser bem chato. Por isso, veja quais são os locais turísticos mais acessíveis, sabendo se tratam-se de lugares abertos ou fechados. Uma boa dica é alternar os passeios: um dia ao ar livre, e outro dia em ambientes fechados e mais aconchegantes.

Confira também se os pontos de seu interesse estarão abertos ou funcionando no período que você pretende visitá-los. Às vezes, por alguma razão, uma das atrações pode estar fechada. Vale a pena dar uma olhada na internet antes ou, ainda, perguntar para alguma pessoa que trabalha no local onde você está hospedado.

4. Leve agasalhos o suficiente

Mais uma das dicas para viajar no inverno é o investimento nos casacos adequados. Dependendo do seu destino, o inverno pode ser bem leve, bastando uma blusa fininha apenas para cortar o vento mais frio. No entanto, em outros lugares, o inverno pode ser bem rigoroso, exigindo não apenas casacos bem quentes, como também calças e sapatos mais quentes, além de acessórios como luvas, toucas e cachecóis.

Principalmente se a sua viagem for internacional, talvez seja até bom comprar novos agasalhos, adequados para o inverno que está te esperando no seu destino. Assim, você tem uma viagem e estadia mais quente e confortável. Você pode tanto levar vários casacos, como levar só um casaco mais pesado e quente, o que facilita na hora de se vestir ou trocar de roupa.

5. Não esqueça os produtos hidratantes

No inverno, é comum que a pele fique mais ressecada, o que pede mais hidratação. A má hidratação nos lábios, nariz e bochechas pode causar muito incômodo, uma vez que eles podem ficar queimados e até com algumas feridas. Por isso, não esqueça de levar hidratantes para todas as partes do corpo – mãos, pés, lábios, rosto, o resto do corpo e até cabelos.

Além disso, leve também alguns remédios, como antigripais e antialérgicos. Ainda que você consiga comprar os medicamentos na própria viagem, vale a pena levar os seus próprios remédios, pois você pode não encontrar um medicamento específico no seu destino – principalmente em destinos internacionais.

6. Opte por voos diretos

Por fim, se a sua viagem for de avião, nada mais confortável do que fazê-la em um único voo. Nos voos com conexão, por exemplo, o passageiro tem que descer do avião para fazer um novo embarque, o que pode gerar um desconforto. Viajando no inverno, a última coisa que um passageiro quer fazer é sair do avião quentinho para ter que fazer um novo embarque para continuar a viagem.

Sem contar na possibilidade de se ter o problema de perda de conexão. Por mais que a empresa aérea deva compensar os seus passageiros afetados, não é a mesma coisa do que pegar o avião no horário certo ou permanecer no avião até o seu destino final.

Lugares para viajar no inverno no Brasil

Embora o inverno no Brasil não seja repleto de neve como em outros países, ainda é possível encontrar alguns destinos incríveis e que são muito procurados nesta época do ano. Veja abaixo alguns exemplos.

1. Campos do Jordão (SP)

Campos do Jordão é um dos destinos mais procurados em São Paulo durante o inverno. Nesta época do ano, é normal a cidade receber milhares de turistas diariamente. O que mais atrai os viajantes é o seu estilo europeu – principalmente na estrutura dos edifícios -, sua culinária, suas lojas e bares, além das paisagens naturais, com montanhas e muito verde.

Vale saber que, apesar de ser muito badalado no inverno, Campos do Jordão passa longe de ser um destino barato nesta estação. Para quem não pretende gastar muito, a melhor opção é visitar a cidade em estações mais amenas, como outono e primavera.

2. Gramado (RS)

Talvez o destino mais procurado no inverno no Brasil, Gramado oferece uma ótima experiência para os amantes do frio. Assim como Campos do Jordão, a cidade tem estilo europeu e encanta com temperaturas próximas de 0ºC. Suas principais atrações são a diversidade de atividades (com museus, zoológico e parques), culinária (restaurantes, bares e bistrôs) e a variedade de hotéis.

3. Monte Verde (MG)

Monte Verde é um ótimo destino durante o inverno, principalmente para casais. Localizada entre montanhas e rodeada de muito verde, com temperaturas bem baixas, a cidade atrai o turista com a sua culinária, centrinho com lojas, restaurantes e outras atrações. Além do verde, também é possível encontrar cachoeiras e trilhas que levam a mirantes, garantindo uma excelente vista.

4. Curitiba (PR)

Curitiba é a capital do Paraná e também a capital mais fria do Brasil. É uma cidade maior do que os destinos mencionados anteriormente, oferecendo uma melhor estrutura e maior variedade na culinária. Um dos seus principais pontos turísticos é o Jardim Botânico, parque com muitos jardins floridos e excelentes cenários para fotos.

5. Domingos Martins (ES)

Outro destino com paisagens montanhosas e temperaturas baixas é Domingos Martins, no Espírito Santo. Sua culinária possui influência italiana e alemã e também se destaca com produtores locais de queijos, cafés e licores. Além disso, os turistas encontram atividades diversas, como andar a cavalo, fazer trilhas, conhecer cachoeiras e visitar o Parque Estadual de Pedra Azul, um dos principais pontos turísticos da cidade.

Gostou das nossas dicas para viajar no inverno? Não há uma estação certa ou errada para viajar, basta que você tenha os cuidados necessários para conseguir aproveitar ao máximo o seu destino.

No entanto, mesmo com todos os cuidados, ainda é possível se deparar com um problema com voo, como atraso ou cancelamento do voo, overbooking ou, pior, o extravio de bagagem. Em uma situação como essa, você pode contar com a ajuda da Voe Tranquilo! Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve todos esses tipos de problemas com voos, deixando-o ciente sobre os seus direitos.

Dependendo do seu caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

10 dicas para a sua primeira viagem de avião

Como comprar passagens aéreas mais baratas?

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico. Texto revisado por Renato Haidamous Rampazzo, cadastrado na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seção de São Paulo, sob o número 406.543.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close