Como comprar passagens aéreas mais baratas?

Como comprar passagens aéreas mais baratas?

Confira 11 dicas para conseguir comprar passagens aéreas mais baratas e ter mais dinheiro para investir em outras partes da sua viagem!

Banner 728x90 Banner 300x100

Comprar passagens aéreas mais baratas é o que qualquer viajante deseja. Conseguir o bilhete aéreo por um preço mais acessível permite que você utilize o seu dinheiro em outras coisas, que podem ou não estar relacionadas à sua nova viagem.

Uma passagem aérea não costuma ser uma coisa muito barata, não é mesmo? Porém, com algumas medidas, é possível encontrar as tão desejadas passagens a um preço menor do que aquilo que você esperava ou tem visto. Vale a pena investir um tempo a mais na sua pesquisa e ter um pouquinho mais de paciência para fazer a sua viagem gastando menos.

A seguir, veja algumas dicas que você pode seguir para comprar passagens aéreas mais baratas e conseguir economizar para o seu próximo destino.

11 dicas para conseguir passagens aéreas mais baratas

1. Compre as passagens com antecedência

Muitos passageiros já sabem que comprar as passagens com antecedência é uma boa forma de se conseguir um bom desconto. No entanto, é preciso ter cuidado com o tamanho da antecedência. Ao mesmo tempo em que comprar os bilhetes aéreos com certa distância da viagem é bom, comprar muito antes pode não ter um resultado tão favorável assim.

Para saber qual o tempo certo de comprar as passagens, é preciso analisar quando você pretende viajar. Para viagens domésticas na alta temporada, é interessante fazer a compra com 60 a 90 dias de antecedência. No Brasil, a alta temporada são os meses de dezembro, janeiro, fevereiro e julho, além dos feriados prolongados, enquanto a baixa temporada são os demais meses.

Já para viagens domésticas durante a baixa temporada, você pode comprar com uma antecedência não tão grande – de 25 a 40 dias.

Nesta hora, você pode estar se perguntando “por que não comprar o mais cedo possível?”. A questão é que, quando você compra uma passagem muito antes da sua viagem, você pode perder alguma promoção que deixaria a sua viagem muito mais barata. Além disso, com uma antecedência muito grande, você pode pagar ainda mais caro do que se comprasse com um espaço de tempo menor.

2. Tenha flexibilidade com as datas

Dependendo de quando você for viajar, as passagens aéreas que você precisa podem ser mais caras ou mais baratas. Na alta temporada, por exemplo, é comum que as pessoas viagem mais, o que significa que as passagens podem ter seu preço elevado. Já na baixa temporada, a procura pelos bilhetes aéreos cai, fazendo com que o seu custo também caia.

Sendo assim, se você faz questão de comprar passagens mais baratas, veja qual é a possibilidade de alterar, se necessário, a data da sua viagem. É verdade que existem promoções mesmo na alta temporada, mas, em geral, os valores são bem mais altos neste período. Portanto, se você puder trocar o tempo da sua viagem para um mês de baixa temporada, sua passagem pode ter um valor mais baixo.

Além disso, sabia que os dias da semana também influenciam no preço do bilhete aéreo? Para voos domésticos, terça, quarta e quinta são os dias em que as passagens são mais baratas. Já aos finais de semana, os bilhetes podem ser mais caros.

3. Invista tempo na pesquisa

Encontrar as passagens desejadas a um valor mais acessível pode não ser tão fácil assim. Por isso, é importante que você pesquise muito bem antes de fechar qualquer negócio. Além disso, invista tempo na sua pesquisa – nada de pesquisas muito rápidas. Vale a pena entrar em sites diversos para encontrar o valor que você procura.

Você pode tanto entrar no site de cada companhia aérea, como em sites que reúnem informações sobre as principais companhias em atividade no Brasil. Nesta última opção, você até consegue comparar os preços exercidos por cada empresa, vendo onde o bilhete aéreo está mais barato ou mais caro.

4. Tenha flexibilidade com o local de origem

Além de ter flexibilidade com as datas da sua viagem, não se apegar a um aeroporto para embarcar também pode te permitir comprar passagens aéreas mais baratas. No estado de São Paulo, por exemplo, há mais de um aeroporto. Na sua pesquisa, você pode encontrar uma passagem saindo de Guarulhos e outra saindo de Congonhas, e elas terem uma diferença – e grande – de preço.

Dependendo do lugar onde você mora ou trabalha, vale a pena saber se compensa ou não ir até um aeroporto mais distante para conseguir pagar mais barato na passagem aérea.

5. Voe em horários atípicos

Sabia que o horário do voo também pode fazer com que a passagem aérea seja mais cara ou barata? Nem todos os passageiros gostam de voar em horários considerados atípicos, como depois das 23h e antes das 5h. Assim, a procura é menor, o que faz com que o preço também seja reduzido.

Caso você encontre uma passagem mais barata para voar de madrugada, não esqueça de planejar como será o seu transporte até o aeroporto de origem e do aeroporto de destino até o seu local de acomodação.

Um horário que também pode te garantir uma passagem mais barata é o horário do almoço. Já se o voo for internacional, os voos que saem no meio da tarde são uma boa opção.

6. Crie alertas de preços

Em alguns sites onde se comprar passagens aéreas, como em agências de viagens online, é possível criar alertas de preços. Basta selecionar a opção de criação do alerta e colocar o seu e-mail para receber uma notificação quando o valor atual abaixar.

Fazendo isso, você não precisa ficar pesquisando todos os dias, aguardando apenas ser notificado. Quando você receber o e-mail, saberá que a passagem está mais barata, mesmo que pouco.

7. Limpe o cache do seu navegador antes de pesquisar

Quando você pesquisa em vários sites as diferentes passagens aéreas, algumas informações são armazenadas no navegador do seu computador ou celular. Assim, as suas preferências ficam gravadas. O problema, neste caso, é que os destinos, datas e horários podem ser memorizados, podendo “viciar” o sistema e manter os preços elevados.

Por isso, você pode seguir dois caminhos: limpar o cache do seu navegador antes de pesquisar as passagens que você deseja, ou fazer a pesquisa em modo de navegação anônima.

8. Aceite receber ofertas das companhias e agências de viagens

Ao fazer um cadastro no site de alguma companhia aérea ou agência de viagens, pode ser que apareça a opção de permitir o envio de ofertas da empresa para você. Por mais que isso faça com que a sua caixa de e-mail fique mais cheia, pode ser uma boa opção.

Recebendo as ofertas dessas empresas, você consegue acompanhar mais facilmente os preços e ainda pode encontrar passagens aéreas mais baratas.

9. Acompanhe as redes sociais das companhias aéreas

Além de poder receber as ofertas no seu e-mail, acompanhando as redes sociais das companhias aéreas você fica mais perto da empresa, podendo aproveitar algumas promoções antes que elas acabem.

Vale a pena seguir os perfis no Facebook, Instagram, Twitter, Telegram, entre outras, para ficar por dentro das ofertas disponíveis.

10. Utilize as suas milhas

Existem diversos cartões de crédito no mercado que têm o acúmulo de milhas aéreas conforme a sua utilização. Além deles, você também pode acumular milhas com os programas de fidelidade de cada empresa aérea, mesmo sem ter um cartão de crédito. Assim, quanto mais você voa com determinada companhia, mais milhas você consegue juntar.

Ao acumular milhas, você consegue trocá-las não apenas por passagens aéreas, mas também por descontos na compra das passagens, em postos de gasolina, em lojas parceiras do programa de fidelidade, entre outros benefícios.

Ser fiel a uma companhia aérea te ajuda na questão do acúmulo e utilização das suas milhas. Se você tem um cartão de crédito da Smiles e sempre voa com a Gol, fica mais fácil usar todas as milhas que você junta. Já se você voar com outra companhia, não poderá usar as milhas da Smiles, mas apenas do programa de fidelidade da companhia em questão (se você tiver).

11. Aceite fazer voos diretos, com escala ou com conexão

Alguns passageiros têm preferência nos voos diretos, enquanto há aqueles que gostariam de fazer uma escala ou conexão. Porém, nem sempre a passagem para o voo no modelo desejado tem o preço mais baixo. Em alguns casos, a passagem para o voo direto é mais barato do que o voo que tem uma ou mais paradas. Em outros casos, ocorre o contrário.

Por isso, quanto maior a sua flexibilidade referente a este ponto, maiores as chances de conseguir comprar as suas passagens aéreas mais baratas.

Vale lembrar que, nos voos com conexão, é possível que você tenha o problema de perda de conexão. Por mais que não seja uma coisa que se consiga prever – na maioria dos casos -, é uma situação que, infelizmente, pode acontecer. Dessa forma, analise se você prefere correr o risco de ter o problema de perda de conexão, ou se prefere investir mais na sua passagem.

A perda de conexão não é o único problema que o passageiro pode ter. Mesmo em voos diretos, é possível se deparar com um atraso ou cancelamento de voo, além do embarque negado e do extravio de bagagem. Em todas essas situações, você pode contar com a ajuda da Voe Tranquilo!

Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve todos esses tipos de problema com voo. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Quer saber mais sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Passagem aérea em promoção devido ao coronavírus: vale a pena?

10 dicas para a sua primeira viagem de avião

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico. Texto revisado por Renato Haidamous Rampazzo, cadastrado na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seção de São Paulo, sob o número 406.543.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close