Quais documentos levar em uma viagem nacional?

Quais documentos levar em uma viagem nacional?

Para embarcar com segurança e ter uma viagem tranquila, você precisa levar alguns documentos essenciais. Conheça a relação completa!

Banner 728x90 Banner 300x100

Planejar uma viagem costuma começar meses antes do embarque. Você precisa comprar as passagens, reservar a hospedagem e escolher os passeios que fará no destino. Além disso, há também os documentos para viajar com tranquilidade.

As companhias aéreas e empresas de viagens indicam que os viajantes reúnam certos documentos e leve-os na viagem. Desse modo, os turistas viajam com identificação e outras certidões importantes.

Em viagens nacionais, a relação de documentos vai além da cédula de identidade, o RG. É necessário apresentar outras informações que ajudem em situações de emergência, por exemplo, a apólice do seguro viagem. Confira a lista completa!

7 documentos para viajar de avião no Brasil

Entre os documentos para viajar de avião no território nacional estão a carteira de identidade (RG), a habilitação para dirigir e o título de eleitor. Reunimos a seleção completa para que você faça o checklist e viaje sem problemas. Confira!

1. RG (Cédula de identidade)

A carteira de identidade (RG) é um documento de porte obrigatório para qualquer brasileiro. Em viagens nacionais, ele é indispensável, principalmente para confirmar informações sobre passagens e reservas.

Assim como não deve sair da sua carteira, o RG precisa estar próximo durante o embarque. Nele, há informações que podem ser úteis para identificação do indivíduo, o estado de origem e filiações.

Durante uma viagem nacional, imprevistos podem acontecer, como a necessidade de atendimento médico. Para que você consiga atendimento em clínicas e hospitais, a cédula de identidade será importante para fazer a abertura de cadastros.

Antes de sair de casa para o aeroporto, certifique-se que o documento está com você. Caso não esteja em bom estado, agende um atendimento em um posto de atendimento e retire uma segunda via do RG.

2. Carteira de vacinação

Por conta da Covid-19, a carteira de vacinação entrou na lista de documentos indispensáveis para viajar pelo Brasil. Entretanto, além das doses contra o coronavírus, os turistas precisam estar em dia com outras vacinas, como:

  • Febre Amarela;
  • Tríplice Viral;
  • Febre Tifóide;
  • Hepatite A;
  • Hepatite B.

Por isso, antes de viajar para outro estado brasileiro, vá até o posto de vacinação e veja se as doses necessárias estão em dia. Caso esteja faltando alguma imunização, tome a vacina e sempre mantenha o documento atualizado.

Importante! Quem recebe a vacina contra a Covid-19 recebe um comprovante de aplicação das doses. Desse modo, não esqueça de anexá-lo à carteira de vacinação para viajar em segurança. Além disso, faça o teste para Covid-19 até 72 horas antes do embarque.

3. Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

É habilitado e vai dirigir no destino da viagem? A Carteira Nacional de Habilitação é um documento de porte obrigatório para qualquer motorista. Além disso, você também pode ter a CNH digital no smartphone.

Muitos turistas preferem alugar um carro e conhecer as regiões da viagem por conta própria. Por isso, o documento é fundamental, principalmente para evitar multas e a apreensão do veículo.

O carro é alugado? Não esqueça de ter sempre por perto os documentos do veículo e o contrato de locação. Eles garantem que o carro está sob sua responsabilidade durante a viagem.

Em viagens nacionais, a CNH também pode ser usada para identificar o viajante. Entretanto, recomendamos que você leve o RG, pois alguns estabelecimentos e órgãos podem não aceitar a carteira de motorista como identificação.

4. Apólice do seguro viagem

Outro documento essencial para levar com você na viagem é a apólice do seguro viagem. O serviço pode garantir coberturas úteis em emergências, como extravio de bagagens e problemas de saúde.

Nesse sentido, se você tiver a apólice em mãos, poderá acionar o seguro viagem com facilidade. Além disso, o documento possui a relação completa com todas as coberturas contratadas.

Em viagens nacionais, o seguro também pode ser útil, já que podem ocorrer acidentes, problemas com o despacho de bagagens, atrasos e cancelamentos de embarque.

Mesmo que o seguro ofereça serviços em caso de emergências, as companhias aéreas precisam ficar à disposição dos clientes em caso de problemas com voo, como cancelamento e atraso de viagens. Caso contrário, o passageiro pode recorrer aos seus direitos.

5. Passagem aérea

Você não conseguirá entrar no avião sem o cartão de embarque. Por isso, ele está na lista de documentos essenciais para viajar. Não esqueça de imprimi-lo ou retirar a passagem no guichê da companhia aérea com antecedência.

Hoje, as companhias aéreas e empresas de viagem permitem que a passagem seja apresentada via aplicativo. Ou seja, dependendo da empresa, é possível ter os bilhetes de embarque na palma da mão.

Entretanto, evite surpresas. Antes de sair para o aeroporto, verifique se as passagens estão disponíveis no aplicativo. Além disso, se puder imprimir os bilhetes, apresente-os para não atrasar o seu embarque.

6. Comprovante de hospedagem

Vai ficar em hotéis ou pousadas? Imprima o comprovante da reserva e apresente-o na recepção do local. O documento facilita o processo de check-in e permite que você aproveite ainda mais a sua viagem.

Este documento é emitido assim que a reserva é confirmada pela empresa responsável. Então, mantenha-o guardado até a data de viagem.

Ter o comprovante das reservas também traz o registro dos quartos e serviços inclusos. Desse modo, você poderá confirmar na recepção do local quais os serviços contratou para usufruir durante a estadia.

7. Título de eleitor

O título de eleitor também pode ser importante durante as viagens. A versão digital do documento, disponível no aplicativo e-Título, pode ser utilizada para identificar o viajante. Na plataforma, há uma foto do portador, caso ele já tenha cadastrado a biometria.

Em época de votação, o título de eleitor pode ser útil para justificar a ausência, já que o turista está longe da zona eleitoral. Nesses casos, dirija-se ao centro de votação mais próximo e faça a justificação.

Tive o embarque negado pela falta de documentos. O que fazer?

Esqueceu algum documento e só se lembrou no aeroporto? Isso pode acontecer com qualquer indivíduo. Afinal, imprevistos e atrasos podem acontecer quando menos planejamos.

Entretanto, as companhias aéreas podem impedir o embarque de passageiros que não estejam com certos documentos, principalmente a passagem aérea e o documento de identificação (RG).

Por isso, reúna os documentos com antecedência e os leve na bagagem que irá com você na poltrona do avião.

Se a companhia aérea impedir o embarque, mantenha a calma e tente encontrar um documento equivalente. No caso das passagens, por exemplo, veja se o voucher não está disponível no e-mail ou salvo no smartphone.

Se o documento for o RG, apresente uma cédula de identidade similar, como a CNH física ou eletrônica. Além disso, se você já tiver cadastrado a biometria no cartório eleitoral, o aplicativo e-Título também pode ser uma alternativa.

Problemas com voo? Conte com a Voe Tranquilo!

Os transtornos com as companhias aéreas são recorrentes e podem acontecer com qualquer cliente. Mas é importante saber que as empresas precisam respeitar os direitos do consumidor.

A equipe da Voe Tranquilo está pronta para te ajudar em caso de problemas com atraso e cancelamento de voo, embarque negado, extravio de bagagem, perda de conexão e outros direitos do passageiro.

Você preenche o formulário disponível no site com informações sobre o problema ocorrido. Em seguida, nossa equipe fará a avaliação e, se houver a possibilidade de compensação, faremos a negociação junto à companhia aérea. Recebemos apenas se houver um acordo entre você e a empresa aérea.

Ficou com dúvidas sobre como podemos te ajudar? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053, ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline