Como acionar o seguro viagem em uma emergência

Como acionar o seguro viagem em uma emergência

Precisa acionar o seguro viagem? Entenda como fazer isso e saiba qual é a importância de contratar este tipo de proteção para a sua viagem internacional.

Banner 728x90 Banner 300x100

Nenhum viajante espera ter que acionar o seguro viagem contratado, porém, entender como fazer isso é fundamental para ter a solução do seu problema o mais rápido possível. Este tipo de seguro fornece ao viajante uma proteção contra acidentes pessoais e problemas com voos, como cancelamento de voos, extravio de bagagens, entre outros.

O seguro viagem não é apenas recomendável, como necessário para alguns destinos. Em alguns países da Europa, como Alemanha, Portugal, França, Espanha e ainda outros, se o passageiro desembarcar sem ter contratado a proteção, ele pode não conseguir entrar no país em questão.

A seguir, confira como você deve acionar o seguro viagem no caso de alguma emergência e entenda mais sobre esta proteção.

Em uma emergência, como acionar o seguro viagem?

O seguro viagem é contratado exatamente para amparar e cobrir os possíveis custos envolvidos em uma emergência durante a viagem. Infelizmente, imprevistos podem acontecer a qualquer tempo, inclusive em tempos de lazer ou viagens a negócios, por exemplo.

Antes mesmo de embarcar na sua nova aventura, é importante que você, ao contratar a proteção, leia com cuidado todas as cláusulas presentes na apólice do seguro. Observando quais são as coberturas inclusas, você já sabe em quais situações poderá ter o auxílio da empresa seguradora.

Ao precisar acionar o seguro, analise, primeiramente, se a ocasião pela qual você está passando está presente na sua apólice e é coberta pela proteção que você contratou. Em caso afirmativo, você deve entrar em contato com o atendimento do seguro pelos canais informados.

Normalmente, as seguradoras e demais empresas que comercializam o seguro viagem disponibilizam um número exato de telefone para que o segurado entre em contato, ou ainda outras formas, como WhatsApp, Skype ou SMS. Vale a pena deixar essas informações salvas ou anotadas em algum lugar de fácil acesso para não ter uma correria desnecessária em um momento que já causa muito estresse.

Ao ser atendido, você deverá informar não apenas alguns de seus documentos pessoais, como também o número da apólice. Por isso, além de ter guardado o número ou forma de contato da seguradora, é importante que você também tenha a apólice em mãos, tanto para consultá-la sempre que precisar, quanto para fornecer o seu número quando acionar o seguro viagem.

Depois disso, basta falar para o atendente sobre a sua situação. Dependendo do seu caso, ele te falará como proceder, ou informará qual será a medida da empresa seguradora.

Sabendo que os seguros de viagens oferecem coberturas para emergências médicas e também problemas com voos, entenda algumas especificidades envolvidas no acionamento da proteção em cada um desses casos.

Acionar o seguro em emergência médica

Em casos de emergência médica, o seguro viagem pode ser muito útil, principalmente porque não se sabe como é o atendimento público de saúde do país de destino (ou até se existe um atendimento público), tampouco se o seu dinheiro poderá cobrir todos os custos – que, geralmente, são bem altos.

Na Espanha, por exemplo, o sistema público de saúde é gratuito apenas para os espanhóis e para cidadãos dos países-membros da União Europeia e de outros que possuem acordos com o país. Brasileiros até podem ter acesso ao atendimento, porém, não têm direito à gratuidade.

Em uma emergência médica, entre em contato com a seguradora pelo meio disponível de sua preferência e explique a sua situação. Depois disso, a empresa deverá te dar instruções para receber o atendimento médico necessário. Assim, você saberá para qual hospital deve ir, ou se deve aguardar o atendimento médico emergencial chegar até você.

Caso você tenha que ir até um hospital, dependendo do caso, você não terá que desembolsar nenhum valor. Todos os procedimentos pelos quais você passará serão cobertos pelo seguro, de acordo com a cobertura contratada.

No entanto, há casos em que os procedimentos devem ser custeados por você, que será reembolsado posteriormente. Por isso, é importante que você, antes de ir viajar, entenda como será a cobertura dos gastos envolvidos pela seguradora – direto no local do atendimento ou por meio de um reembolso.

Fique atento, pois o reembolso pode ser uma opção não tão boa. Por mais que você receba os valores depois, você ainda tem que ter a quantia necessária para custear o atendimento, que pode ser bem alta.

Acionar o seguro em problemas com voo

Além das coberturas sobre emergências médicas, o seguro viagem também pode oferecer cobertura contra alguns problemas com voos, como atraso e cancelamento de voo, extravio de bagagem, entre outros. No caso, a cobertura funciona como um pagamento além da indenização que o passageiro já tem direito.

Sendo assim, diferente do que acontece em emergências médicas, o contato com a seguradora não precisa ser imediato.

Quando o contato for feito, é importante que você apresente alguns dados que sustentem a sua solicitação de cobertura. Portanto, em caso de atraso ou cancelamento de voo, você pode ter o comunicado por escrito da companhia aérea com o motivo do problema, por exemplo. Já em caso de bagagem extraviada, é fundamental que você tenha o RIB (Registro de Irregularidade de Bagagem).

Outros documentos que você pode precisar são a sua passagem aérea, bem como o seu comprovante de compra, comprovante do despacho das bagagens, a reclamação feita junto à companhia ou à própria ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), entre outros.

E se eu não conseguir acionar o seguro viagem a tempo?

Sabemos que o seguro viagem é exatamente para nos ajudar em emergências. No entanto, nem sempre é possível entrar em contato com a seguradora antes de buscar o atendimento médico necessário. Às vezes, o atendimento é tão urgente, que não há tempo para ligar para a seguradora. Outras vezes, o contato não pode ser feito simplesmente pela falta de sinal, de crédito, ou outras circunstâncias.

Em casos assim, tenha calma, pois ainda existe um jeito. Se o seu atendimento médico se deu antes mesmo que você entrasse em contato com a sua seguradora, você ainda terá a cobertura dos procedimentos, porém, de um jeito diferente. Será preciso que você mesmo pague pelo atendimento e, posteriormente, peça à seguradora o reembolso dos valores envolvidos.

Apesar de ainda ser possível ter o dinheiro de volta, você precisa, inicialmente, ter o dinheiro para poder fazer o pagamento. E lembre-se: o necessário pode não ser pouco.

Quais são os canais disponíveis para acionar as coberturas do seguro?

É comum que as seguradoras informem um número de telefone para o qual os seus clientes devem ligar para acionar o seguro. No entanto, este não é o único meio disponível para entrar em contato com a empresa. Atualmente, são oferecidas mais opções, facilitando para o viajante.

Ao disponibilizar um telefone, é possível que o número seja para o exterior mesmo, permitindo um contato direto, ou a cobrar.

Em algumas seguradoras, o atendimento também pode ser feito pelo WhatsApp. Se você estiver conectado a uma rede Wi-Fi, não terá dificuldades para acionar o seguro. Já se não estiver, pode depender de sinal.

Há, ainda, algumas seguradoras que permitem que o atendimento seja feito por meio de seus próprios aplicativos. Para isso, você deve baixar o app na loja de aplicativos do seu smartphone e procurar a opção para acionar o seguro viagem.

Coberturas mais comuns do seguro viagem

Os seguros de viagens podem ter coberturas distintas, podendo ser um superior ao outro neste quesito. No entanto, há algumas coberturas que são básicas e que devem ser oferecidas em todos os planos.

Quando o seguro cobre emergências médicas, significa que ele deve cobrir as despesas médicas. Há alguns que cobrem também as despesas com medicamentos, mas isso não acontece em todos os casos. Além disso, há ainda o regresso sanitário: se o passageiro estiver doente e não puder prosseguir viagem, ele pode voltar ao seu país de origem sem custos adicionais.

Outra despesa médica que também está inclusa no seguro viagem é o traslado médico. Se o viajante sofrer um acidente e tiver que ser levado para o hospital, ele poderá ir sem ter que pagar nenhum custo.

Há ainda o traslado de corpo. Se, infelizmente, o passageiro vier a óbito durante a viagem, o seu corpo é levado de para o local onde será sepultado, ou seja, para o seu país de origem. Novamente, não há custos adicionais neste serviço.

Por fim, o seguro viagem ainda cobre a invalidez total ou parcial. Se em um acidente, o passageiro perder parcial ou totalmente a função de um de seus órgãos ou membros, ele tem direito a uma indenização pelo seguro.

As coberturas mencionadas são básicas e devem ser encontradas em todos os planos. Porém, isso não significa que elas são iguais em todos os planos e empresas. Antes de contratar o seu seguro, não deixe de se certificar sobre os detalhes das coberturas básicas, assim como sobre as demais coberturas, se houver.

Seu seguro viagem não cobre problemas com voos? Conte com a ajuda da Voe Tranquilo! Dependendo do seu caso, você pode ter direito a uma indenização. Preencha o nosso formulário e tenha uma avaliação gratuita do seu caso!

Somos uma empresa especializada em auxiliar o passageiro que teve seu voo cancelado ou atrasado, ou que perdeu sua bagagem, ou que teve outros tipos problemas com voo, como perda de conexão e overbooking.

Para saber mais sobre como podemos te ajudar, entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 96060-4053 (clique aqui para abrir a conversa), ou envie um e-mail para [email protected]

Veja também!

Quais cartões de crédito oferecem seguro viagem?

Seguro viagem: entenda o que é, para que serve e como contratar

Importante!

Esse texto tem caráter informativo e busca orientar consumidores sobre seus direitos. Somente um advogado é capaz de oferecer atendimento jurídico. Texto revisado por Renato Haidamous Rampazzo, cadastrado na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seção de São Paulo, sob o número 406.543.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Compartilhar

Compartilhar pelo WhatsApp Compartilhar pelo Facebook mail_outline
Coronavírus (COVID-19): Clique aqui para ver orientações close